Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Mestrado - Marcelo Mendes da Silva
conteúdo

Mestrado - Marcelo Mendes da Silva

por dirppg-ct publicado 20/11/2019 14h59, última modificação 20/11/2019 15h01
Abordagem de pontos de função no desenvolvimento de sistemas utilizando práticas ágeis
Quando
12/12/2019
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-200)
Onde
Sede Central: Sala B-204
Pessoa de contato
Profa. Maria Claudia Figueiredo Pereira Emer
Participantes
Orientador(a): Profa. Maria Claudia Figueiredo Pereira Emer, Dra. - UTFPR
Coorientador(a): Prof. Adolfo Gustavo Serra Seca Neto, Dr. - UTFPR
Banca examinadora:
Presidente: Prof. Adolfo Gustavo Serra Seca Neto, Dr. - UTFPR
Prof. Laudelino Cordeiro Bastos, Dr. - UTFPR
Profa. Mariângela de Oliveira Gomes Setti, Dra. - UTFPR
Profa. Rafaela Mantovani Fontana, Dra. - UFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: A análise de pontos de função é uma técnica que permite medir projetos de desenvolvimento de software e assim, estabelecer uma medida de tamanho que é utilizada para o gerenciamento do projeto de software. No cenário atual temos os métodos e práticas ágeis sendo bastante utilizados e ganhando espaço nos projetos de desenvolvimento de software. Como a métrica de pontos de função já está consolidada e projetos que utilizam métodos ágeis não são estimados por meio de pontos de função, este trabalho faz um estudo da utilização de pontos de função com práticas ágeis e propõe uma abordagem híbrida de desenvolvimento de software, denominada HiPA (Híbrida com Práticas Ágeis). Para relatar o estado da arte com relação a utilização de pontos de função em projetos que utilizam práticas ágeis, fizemos um mapeamento sistemático no qual encontramos 182 artigos sendo 18 artigos selecionados. Com acesso a informações de projetos em desenvolvimento de software de uma mesma organização, obtivemos indicadores que permitem uma avaliação destes projetos de software que trabalham em um método tradicional, o ciclo de desenvolvimento cascata (Waterfall), e, projetos que utilizam práticas ágeis. Assim, em um estudo de caso, analisamos estes projetos através de indicadores, para atingir o objetivo de verificar a viabilidade da utilização de pontos de função em projetos que utilizam práticas ágeis. Os projetos analisados no estudo de caso totalizaram mais de 24 mil horas e os resultados obtidos fazem a comparação dos 2 modelos de desenvolvimento de software (ciclo de desenvolvimento cascata e um ciclo de desenvolvimento com práticas ágeis). Resultados numéricos sobre a execução dos projetos em termos de tempo e custo são apresentados, sendo o IDC (Índice de desempenho de Custos) melhor para projetos que utilizam práticas ágeis. Por fim, apesar da literatura não informar como devem ser utilizados práticas ágeis com pontos de função, propomos uma abordagem híbrida de desenvolvimento de software, denominada HiPA, e avaliamos esta abordagem de desenvolvimento por meio de um questionário e também avaliamos parcialmente a implementação da abordagem com o auxílio da contagem dos pontos de função, tendo como resultado indicativos da viabilidade de execução para a abordagem de desenvolvimento HiPA.
Palavras-chave: Pontos de função; Métricas de Software; Práticas Ágeis.

Function point approach in systems development Using agile practices
Abstract: Function point analysis is a technique that allows you to measuring software development projects and thus establish a size measurement that is used for software project management. In the current scenario we have agile methods and practices being widely used and gaining ground in software development projects. Since the function point metric is already consolidated and projects using agile methods are not estimated using function points, this paper studies the use of function points with agile practices and proposes a hybrid approach to software development, HiPA (Agile Hybrid). To report the state of the art regarding the use of function points in projects that use agile practices, we systematically mapped 182 articles and 18 selected articles. With access to information from software development projects of the same organization, we obtained indicators that allow an evaluation of these software projects that work in a traditional method, the waterfall development cycle, and projects that use agile practices. Thus, in a case study, we analyzed these projects through indicators to achieve the objective of verifying the feasibility of using function points in projects that use agile practices. The projects analyzed in the case study totaled more than 24,000 hours and the results obtained compare the two software development models (cascade development cycle and one development cycle with agile practices). Numerical results on project execution in terms of time and cost are presented, with the Cost Performance Index (IDC) being better for projects using agile practices. Finally, although the literature does not tell how function points and agile practices should be used, we propose a hybrid approach to software development called HiPA, and we evaluated this development approach through a questionnaire and also partially assessed the implementation of the approach with the aid of function point counting, resulting in indicative feasibility for the HiPA development approach.
Keywords: Function Points; Software Metrics; Agile Practices.

Lista de publicações:
SILVA, Marcelo Mendes; NETO, Adolfo Gustavo Serra Seca ; EMER, Maria Claudia Figueiredo Pereira. Abordagem de Pontos de Função no Desenvolvimento de Sistemas Utilizando Práticas Ágeis: um Mapeamento Sistemático. SBES 2019. Trabalho Sumetido.