Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Mestrado - Arzírio Alberto Cardoso
conteúdo

Mestrado - Arzírio Alberto Cardoso

por dirppg-ct publicado 07/12/2020 09h07, última modificação 07/12/2020 09h07
Ambivalências nas relações entre Poder e Tecnologia em Black Mirror
Quando
18/12/2020
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Via videoconferência - meet.google.com/yuw-scck-rxv
Pessoa de contato
Prof. Márcio Cantarin, Dr. - UTFPR
Participantes
Orientador(a): Prof. Márcio Cantarin, Dr. - UTFPR
Banca examinadora:
Presidente: Prof. Márcio Cantarin, Dr. - UTFPR
Prof. Marcelo Fenando de Lima, Dr. - UTFPR
Prof. Hertz Wendell, Dr. - UFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O presente trabalho teve por objetivo analisar alguns episódios da série de televisão britânica Black Mirror, a partir da perspectiva das relações de poder. Tendo como ponto de partida a ideia de que novas formas de relações de poder configuram-se a partir do uso massivo de aparelhos tecnológicos digitais, como celulares e computadores, tentamos examinar, nos episódios “Hino Nacional” e “Queda Livre”, como se articulam essas novas configurações no universo ficcional da obra. Buscamos determinar se houve, nos episódios em questão, tentativas de ruptura com formas verticalizadas e horizontalizadas de poder a partir do uso das ferramentas tecnológicas, bem como se tais tentativas foram bem-sucedidas ou se, por outro lado, o que houve foi a manutenção de tais relações. Para alcançar tais objetivos, lançamos mão de múltiplos recursos críticos, interpretativos e analíticos, sempre ancorados no cotejo com o corpo teórico escolhido, composto de autores de diferentes áreas. Com isso, procuramos demonstrar como se efetiva essa ambivalência, desvelar o que ela oculta, expor suas fraturas, seus desequilíbrios, verificar se a balança pende, ou não, para um dos lados, e, principalmente, demonstrar como o uso da tecnologia digital é a estratégia dominante utilizada tanto por quem deseja a manutenção das relações de poder como por quem almeja a sua ruptura.
Palavras-chave: Poder. Tecnologia. Ruptura. Manutenção.

Ambivalences in the relations between Power and Technology in Black Mirror
Abstract: The present work aims to analyze some episodes of the British television series Black Mirror, from the perspective of power relations. Taking as a starting point the idea that new forms of power relations are configured from the massive use of digital technological devices, such as cell phones and computers, we tried to examine, in the episodes “National Anthem” and “Nosedive”, how these new configurations are articulated in the fictional universe of the work. We tried to determine if, with the use of technological tools, there were attempts to break with vertical and horizontal forms of power, as well as if these attempts were successful or if, on the other hand, what happened was the maintenance of these relationships. To achieve these objectives, we used multiple critical, interpretive and analytical resources, always anchored in the comparison with the chosen theoretical bibliography. With this, we intend to demonstrate how this ambivalence is carried out, to unveil what it hides, to expose its fractures, its imbalances, to verify if the scale tilts to one side and, mainly, to demonstrate how the use of digital technology is the dominant strategy used by those who want the maintenance of power relations, as well as by those who aspire to its rupture.
Keywords: Power. Technology. Rupture. Maintenance.


Lista de publicações:
CARDOSO, Arzírio. Conheço duas formas de acabar coma vida que são tiro e queda. São Paulo: Editora Patuá, 2020.