Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Mestrado - Marcelo César Ribeiro
conteúdo

Mestrado - Marcelo César Ribeiro

por dirppg-ct publicado 17/07/2019 09h12, última modificação 17/07/2019 09h12
A Mediação Docente como meio para Interação Social Vygotskyana no Ensino de Química a partir da Relação com Objetos Educacionais Digitais
Quando
29/08/2019
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Miniauditório Bloco B – DAQBi – UTFPR - (Ecoville)
Participantes
Prof. Marcelo Lambach, Dr. Orientador - UTFPR
Banca Examinadora:
Prof. Marcelo Lambach, Dr. Presidente - UTFPR
Profa. Fabiana Roberta G. S. Hussein, PhD. UTFPR
Profa. Nancy Rosa Alba Niezwida, Dra. UNAM - ARGENTINA
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: De forma permanente e continua, a educação básica, sobretudo no final o século XX e ao longo do século XXI, tem utilizado com maior frequência Objetos Educacionais Digitais como recursos para o ensino de Química. Contudo, o que se tem percebido é que o melhor uso de Objetos Educacionais Digitais depende de uma clara vinculação a uma concepção pedagógica e da compreensão que se tenha de Objetos Educacionais Digitais. O propósito desta pesquisa foi buscar uma resposta para a seguinte inquietação: como organizar uma proposta didático-pedagógica para o ensino de química no ensino médio, a partir dos princípios dos Recursos Educacionais Abertos numa perspectiva Vygotskyana, com o uso de Objetos Educacionais Digitais? A partir dessa questão fica delimitada a vinculação pedagógica em Vygotsky e para a o conceito de Objetos Educacionais Digitais adota-se a compreensão de Tarouco. Essa indagação vincula-se ao objetivo: Organizar uma proposta de Ensino de Química com a utilização de Objetos Educacionais Digitais para desenvolver a Interação Social Vygotskyana, tendo o professor de Química como mediador. Para esse fim, a presente pesquisa assume uma abordagem qualitativa de natureza aplicada e classificação exploratória, quanto aos objetivos propostos. Os procedimentos realizados foram a pesquisa documental para a análise das Diretrizes Curriculares da Educação Básica do Paraná para a disciplina de Química e do Exame Nacional do Ensino Médio dos anos de 2015, 2016 e 2017, para se delimitar os conteúdos químicos que apresentam menor resposta assertiva e compreensão pelos estudantes do ensino médio. Posteriormente, foram analisados dois ambientes virtuais de aprendizagem na concepção Recursos Educacionais Abertos, Simulações Interativas em Ciências e Matemática, da Universidade de Colorado e a Escola Digital, plataforma brasileira. Par isso, seguiram-se os critérios de Categorização de Avaliação de Objetos de Aprendizagem, estabelecidos por Nesbit; Belfer; Leacock. Em consequência, foi organizada como produto educacional, uma proposta didático-pedagógica para o ensino de química no ensino médio, numa perspectiva Vygotskyana, com o uso de Objetos Educacionais Digitais. Proposta essa que coloca em evidência a valorização direta da ação mediadora do professor na formação do sujeito e a intervenção pedagógica no ambiente escolar, apoiando-se na teoria sociointeracionista Vygotskyana.

Palavras-chave: Objetos Educacionais Digitais. Recursos Educacionais Abertos. Ensino de Química. Vygotsky. Avaliação de Objetos de Aprendizagem.

 

Teaching Mediation As a Way For Vygotskyana Social Interaction In Chemistry Teaching From The Relationship With Digital Educational Objects.

Abstract: Continually and continuously, basic education, especially at the end of the 20th century and throughout the 21st century, has more often used Digital Educational Objects as resources for the teaching of Chemistry. However, what has been perceived is that the best use of Digital Educational Objects depends on a clear link to a pedagogical conception and understanding of Digital Educational Objects. The purpose of this research was to find a response to the following concerns: how to organize a didactic-pedagogical proposal for the teaching of chemistry in high school, based on the principles of Open Educational Resources in a Vygotsky perspective, with the use of Digital Educational Objects? From this question the pedagogical linkage in Vygotsky is delimited and to the concept of Digital Educational Objects adopts the understanding of Tarouco. This inquiry is linked to the objective: Organize a proposal of Teaching Chemistry with the use of Digital Educational Objects to develop Vygotskyana Social Interaction, having the Chemistry teacher as mediator. To this end, the present research assumes a qualitative approach of applied nature and exploratory classification, regarding the proposed objectives. The procedures performed were documental research for the analysis of Curricular Guidelines for Basic Education in Paraná for the discipline of Chemistry and the National High School Examination for the years 2015, 2016 and 2017, in order to delimit the chemical contents that present less assertive response and understanding by high school students. Subsequently, two virtual learning environments were analyzed in the Open Educational Resources, Interactive Simulations in Science and Mathematics, University of Colorado and the Digital School, Brazilian platform. Therefore, the Learning Object Assessment Categorization criteria established by Nesbit were followed; Belfer; Leacock. As a consequence, an educational-didactic proposal for the teaching of chemistry in high school, in a Vygotskyan perspective, was organized as an educational product, using Digital Educational Objects. This proposal highlights the direct valorization of the mediator action of the teacher in the formation of the subject and the pedagogical intervention in the school environment, relying on Vygotskyana socio-interactionist theory.

Keywords: Digital Educational Objects. Open Educational Resources. Chemistry teaching. Vygotsky. Evaluation of Learning Objects. Information and Communication Technologies.

 

Lista de Publicações

RIBEIRO, C. M.; LAMBACH, M. CONSTRUÇÃO DE OBJETOS DIGITAIS DE APRENDIZAGEM PARA AULAS DE QUÍMICA COM ALUNOS DA TERCEIRA SÉRIE DO ENSINO MÉDIO NA CONCEPÇÃO DOS 4RS. In: VI Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia (SINECT), 2018. Ponta Grossa. Anais do VI SINECT, 2018.

RIBEIRO, C. M.; LAMBACH, M.; HUSSEIN, S. G. R. F. O contexto da educação brasileira no ensino de ciências/química no ensino médio e superior: entrevista com o professor Eduardo Fleury Mortimer. Revista ACTIO: Docência em Ciências. Capa. v.4, n.2 (2019).