Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Mestrado - Victor Hugo Evangelista Scarsi
conteúdo

Mestrado - Victor Hugo Evangelista Scarsi

por dirppg-ct publicado 18/11/2019 08h15, última modificação 18/11/2019 08h15
Estudo da Economia de Energia Proveniente do Controle Inteligente de Iluminação Aplicando Parâmetros da Certificação LEED - Estudo de Caso
Quando
29/11/2019
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-200)
Onde
Sede Central: Sala C-301
Participantes
Prof. Amauri Amorin Assef, Dr. Orientador - UTFPR
Prof. Guilherme Luiz Moritz, Dr. Coorientador - UTFPR
Banca Examinadora:
Prof. Amauri Amorin Assef, Dr. Presidente - UTFPR
Prof. Marcos Santos Hara, Dr. - IFPR
Prof. Jorge Assade Leludak, Dr. - UTFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O Brasil está entre os países que mais investem em construções sustentáveis no mundo, apontado como o 4º país no ranking mundial. Com isso, os sistemas de automação inteligentes tornam-se grande aliados na busca por eficiência energética e sustentabilidade em empreendimentos, uma vez que são utilizados, por exemplo, para controle de iluminação e ar condicionado, que representam grande parte do consumo energético de um edifício. Existem diversas organizações que concedem certificações para construções sustentáveis, em seus vários níveis, comprovando os métodos e modelos pré-estabelecidos para tal, sendo o LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) uma das principiais certificações internacionais com escalas de pontuação variando de 0 a 100 pontos e possibilidade de bonificação de 10 pontos. Neste trabalho, são tomadas como base as premissas apontadas pela certificação LEED v4, seção de Energia e Atmosfera com tipologia O+M em Empreendimentos Existentes, no intuito de comprovar a necessidade e auxílio da automação para um ambiente inteligente e sustentável, evidenciando, em particular, estratégias de controle de iluminação. Realizou-se o estudo de caso de um edifício da faculdade FAE Business School, sediada na cidade de Curitiba, Paraná, que não possui certificação LEED, porém vem investindo em tecnologias de otimização inteligente para automação em um edifício com 20 salas de aula, entre outros, para garantir um melhor aproveitamento energético, além de conforto aos usuários. Ao aplicar os critérios abordados pela certificação LEED, utilizou-se a ferramenta Energy Star Portfolio Manager para obter os dados do edifício médio, que é adotada como referência para as comparações. Observou-se nos resultados do estudo que as salas de aula desse edifício consomem 72% menos energia que a média dos edifícios similares, muito por conta do sistema inteligente de controle de iluminação instalado no edifício. Concluiu-se que para receber a certificação LEED com pontuação mínima (40 pontos), o empreendimento estudado precisa cumprir uma série de pré-requisitos, verificando-se através dos critérios mínimo e máximo de desempenho que é possível atingir entre 25% e 90%, respectivamente, da pontuação LEED necessária na área e tipologia avaliadas.

Palavras-chave: Automação Predial. Automação Inteligente. Certificação LEED.

 

Power Saving Study from Intelligent Lighting Control Applying LEED Certification Parameter – Case Study

Abstract: Brazil is among the countries that invest the most in sustainable construction in the world, named as the 4th country in the world ranking. Thus, intelligent automation systems become great allies in the pursuit of energy efficiency and sustainability, as they are used, for example, for lighting and air conditioning control, which represent a large part of building's energy consumption. There are several organizations that award certifications for sustainable buildings at various levels, proving pre-established methods and models, where the LEED certification (Leadership in Energy and Environmental Design) is one of the main international certifications with score ranging from 0 to 100 points with possibility of a bonus of 10. In the present study, the premises of the LEED certification, Energy and Atmosphere section with O+M typology in Existing Buildings, are taken as basis, in order to prove the need and aid of automation systems for an intelligent and sustainable environment, highlighting, in particular, strategies for lighting control. A case study of the FAE Business School’s building, situated in Curitiba, Paraná, which is not LEED certified, but has been carried out and has been investing in intelligent optimization technologies for automation in a building with 20 classrooms, among others, to ensure a better use of energy and comfort to users. Applying LEED certification criteria, the Energy Star Portfolio Manager tool was used to obtain the average building data, which is adopted as a reference for comparisons. The results of the study show that the classrooms of this building consume 72% less energy than the average of similar buildings, due to the intelligent light control system installed in the building. It was concluded to achieve LEED certification with a minimum score (40 points), the building must implement a series of pre requisites, verifying through the minimum and maximum performance criteria that it is possible to achieve between 25% and 90%, respectively, of the LEED score required in the area and typology evaluated.

Keywords: Building Automation. Intelligent Automation. LEED Certification.

 

Lista de Publicações

SCARSI, V. H. E. ; ASSEF, A. A. ; MORITZ, G. L. ; SOUTO, R. F. A automação no processo de economia de energia e certificação LEED de um edifício de faculdade - Estudo de caso. In: Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente (SBAI), 2017, Porto Alegre. SBAI 2017, 2017.