Você está aqui: Página Inicial > Cursos > Estude na UTFPR > Sisu > Perguntas Frequentes
conteúdo

Perguntas Frequentes

publicado 23/10/2017 09h25, última modificação 19/05/2019 18h50
Referente ao processo - SISU 2019-2

- Como ingressar nos Cursos de Graduação da UTFPR-2019/2?

O ingresso é realizado somente via SISU, que por sua vez utiliza a nota do Enem 2018. Portanto para ingressar nos cursos de graduação da UTFPR, o candidato deve fazer o Enem 2018 e depois fazer a inscrição no SISU. Não existe vestibular para ingresso aos cursos de graduação da UTFPR.
O site do Enem é: http://portal.inep.gov.br/enem
O site do SISU é: http://sisu.mec.gov.br/

 

2 - Como saber se fui selecionado na 1ª chamada?

O resultado da 1ª chamada é publicado no site do SISU, no link http://sisu.mec.gov.br/ e no site da UTFPR, clicando em Estude na UTFPR e depois em SISU. Monitore o cronograma do SISU.

 

- Se fui selecionado na 1ª chamada, como devo proceder para fazer a Entrega de Documentos?

No(s) dia(s) indicados no site do SISU, deve se dirigir ao Departamento de Registros Acadêmicos (DERAC) do Câmpus com a documentação citada no Edital. O endereço do DERAC de cada Câmpus, onde deve ser requerida a matrícula, encontra-se em "Contatos e Endereços das Secretarias - DERACs" publicado em https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisuNeste endereço o candidato localiza também o Edital.

 

4 - Se fui selecionado na 1ª Chamada, ainda posso continuar concorrendo?

Não. Caso você tenha sido selecionado em primeira ou segunda opção na primeira chamada, você estará impedido de mostrar o desejo de fazer parte da Lista de Espera.

- Como acompanho as demais chamadas?

A primeira Chamada é publicada no site do SISU. As demais são publicadas no site da UTFPR em https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

 

6 – Qual o calendário das chamadas e respectivas matrículas?

As datas das chamadas feitas pela UTFPR, constam no link https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

7 - Qual a documentação que devo apresentar na Matrícula caso eu seja selecionado?

A documentação necessária para a matrícula está publicada em https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

8 - O que preciso saber para decidir se me inscrevo como cotista ou não cotista?

Como cotista podem se inscrever todos aqueles que possam comprovar ter cursado todas as séries do Ensino Médio em escolas públicas. O candidato que estudou em escola pública também pode fazer a inscrição como Não Cotista se assim o desejar. Na hora da inscrição o candidato simula a inscrição como cotista ou como Não Cotista e decide a melhor forma para seu caso.

9 - O que é exigido do Cotista para comprovar ser PPI (preto, pardo, índio)?

Autodeclaração (Declaração Modelo 2 do site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu em MODELOS DE DECLARAÇÕES) afirmando que pertence a um desses grupos.

10 - O que é exigido do Cotista para comprovar ser  pertencente a família com renda de até 1,5 salário-mínimo per capita?

Documentação comprobatória de renda de todos os membros familiares. Esta documentação está especificada no item 4 do Anexo III do Edital 020/2019-PROGRAD, publicado em https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

11 - O que é exigido do Cotista para comprovar ser Pessoa com Deficiência?

Declaração (modelo 3 do site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu em MODELOS DE DECLARAÇÕES) afirmando ser Pessoa com Deficiência e anexando Laudo Médico que comprove a deficiência. Esta documentação está especificada no item 3 do Anexo III do Edital 020/2019-PROGRAD, publicado em https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

12 - Existe vaga para não cotista ou estudante de escola particular?

50% das vagas são destinadas aos Não Cotistas. O Não Cotista pode ou não ter cursado o Ensino Médio em escolas particulares. 

13 - Ter cursado em escola particular como bolsista dá direito a concorrer às vagas de cotistas?

Não. A Lei é clara, para concorrer como cotista deve ter cursado todas as séries do Ensino Médio em escolas públicas.

Segundo o disposto no Decreto Federal nº 7.824 de 11 de outubro de 2012, art. 2º, parágrafo único consideram-se escolas públicas as instituições de ensino de que trata o inciso I do caput do art. 19 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, ou seja, "escolas públicas, assim entendidas as criadas ou incorporadas, mantidas e administradas pelo Poder Público”.

14 - Qual o percentual de vagas para cotistas e não cotistas?

50% de vagas são para Não Cotistas e 50% de vagas são para Cotistas.

15 - Quais são as Categorias de Cotistas?

Os cotistas são divididos em 8 categorias, a saber:

Categoria L1 – Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L2 – Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L5 – Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L6 – Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L9 – Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L10 –  Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L13 – Candidatos com deficiência que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

Categoria L14 – Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012).

 

16 - Existe a possibilidade de ingressar na UTFPR sem ter feito o Enem 2018?

Sim, pelo Edital de Complementação da Lista de Espera do Sisu 2019/2 e pelo Edital de Transferência e Aproveitamento de Curso, publicados no site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

17 - Posso aproveitar disciplinas que eu já tenha feito em outro curso?

Sim, mas não no momento da matrícula. Durante o primeiro semestre, o aluno deve procurar o DERAC (Departamento de Registros Acadêmicos) e requerer convalidação de disciplinas já cursadas.

18 - Como posso comprovar que sou pardo/preto/indígena?

Preenchendo e assinando a declaração onde o candidato se declara preto, pardo ou indígena (modelo 2 do site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu em MODELOS DE DECLARAÇÕES), publicado no site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.

19 - Outra pessoa pode fazer a matrícula por mim?

Sim. Caso o candidato esteja impedido de efetuá-la.

 

20 - Sou menor de idade. Posso fazer a matrícula sem estar acompanhado de meus pais?

Sim.

21 - Devo acompanhar todas as chamadas, mesmo já tendo sido ocupadas todas as vagas do curso que escolhi?

Sim, pois pode ocorrer desistência.

22 - A UTFPR avisa o candidato selecionado por telefone ou e-mail?

O candidato deve acompanhar todas as chamadas por meio do portal oficial, no link https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu. A UTFPR não utiliza obrigatoriamente meios como e-mail ou telefone para convocação dos selecionados.

23 - O que é Chamada Nominal?

Após o período de confirmação, os Matriculados-Etapa 1 que não confirmaram a matrícula perdem a vaga. Nesse caso, as vagas surgidas são preenchidas na Chamada Nominal. Esta Chamada é presencial. A UTFPR convoca candidatos integrantes da Lista de Espera, em número de até 10 vezes o número de vagas. Os convocados presentes na Chamada Nominal disputam as vagas por meio de escore (nota) e obedecendo as prioridades citadas no Edital 020/2019-PROGRAD.

Exemplo: se temos 5 vagas em determinada categoria de Cotista ou de Não Cotista, convocamos 50 candidatos. Desses 50 vamos supor que 20 compareçam na Chamada Nominal. Desses 20, os 5 com maiores notas (notas do Enem aplicados os respectivos pesos) serão chamados para fazer a matricula. Destes 5 chamados, aquele que não portar toda a documentação exigida perderá o direito à vaga e o próximo será chamado, assim sucessivamente, até que se complete o número de vagas.

24 - O que ocorre se após a Chamada Nominal ainda tiver vaga no curso?

A vaga será ofertada de acordo com o item 11 do Edital 020/2019-PROGRAD, publicado no site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.



25 - O que ocorre se a Lista de Espera for esgotada e ainda houver vaga no curso?

Neste caso, a UTFPR poderá publicar novo Edital (Edital de Complementação da Lista de Espera do Sisu 2019/2) abrindo inscrições para quem puder comprovar a conclusão do Ensino Médio, independentemente de ter feito o Enem.

26 – O mesmo Enem vale para pleitear vagas no primeiro e no segundo semestre da UTFPR?

Sim, pois o ENEM 2018 vale para o Sisu 2019/1 e para o Sisu 2019/2.

27- Quantas vagas há por curso, em cada categoria de cotistas e de não cotistas?

A distribuição das vagas consta no Anexo I do Edital 020/2019-PROGRAD.


28- Se eu for convocado e ficar na situação "Aguardando Vaga", como fico sabendo se consegui a vaga?

O candidato deve acompanhar as chamadas seguintes e em havendo desistência de algum candidato, sua situação passará para "Matriculado Etapa-1". Este acompanhamento deve ser feito no site https://portal.utfpr.edu.br/cursos/estudenautfpr/sisu.


29- O candidato na situação "Aguardando Vaga" terá prioridade na Chamada Nominal?

Sim. Terá prioridade dentre os convocados do mesmo curso, turno e categoria.


30- O candidato na situação "Aguardando Vaga" terá que levar novamente a documentação se for convocado na Chamada Nominal?

Não. Mas deve se apresentar portando documento de identificação para assinar a confirmação de matrícula, caso seja selecionado durante a Chamada Nominal. Caso não possa estar presente na Chamada Nominal, outra pessoa poderá representá-lo sem necessidade de procuração.

 

31- O candidato na situação "Aguardando Vaga" pode participar das Vagas Remanescentes após a Chamada Nominal?

Sim. O item 11 do Edital 020/2019-PROGRAD permite e prioriza esses candidatos.


32- Já estou matriculado e frequentando às aulas (calouro 2019/2). Posso participar das Vagas Remanescentes após a Chamada Nominal, caso eu desista do curso que estou frequentando?

Sim, de acordo com as prioridades citadas no item 11 do Edital 020/2019-PROGRAD.

 

33 - Se não fui selecionado na 1ª Chamada, ainda posso continuar concorrendo?

Sim. Para isso o candidato deve, dentro do prazo estabelecido, no site do SISU, mostrar o desejo de fazer parte da Lista de Espera.

34- O que é Extrato do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS)?

É um relatório onde estão descritos os vínculos trabalhistas e previdenciários do cidadão. Também é conhecido como “Extrato Previdenciário” ou “Extrato CNIS”. Neste documento são disponibilizadas informações sobre: período trabalhado, empregador, remuneração recebida, contribuições realizadas em guia (como contribuinte individual e/ou prestador de serviço) ou a ausência destes.

35- Quando é solicitado?

Conforme Edital de Seleção da UTFPR, para “Comprovação da Renda Familiar Bruta per capita igual ou inferior a 1,5 (um vírgula cinco) salários-mínimos” dos candidatos cotistas categorias L1, L2, L9 e L10 que não tenham Cadastro Único atualizado, é solicitada cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) dos membros da composição familiar com idade a partir de 16 anos. Neste caso, não é aceita justificativa de não apresentação/ausência da CTPS, devendo ser apresentado em substituição o Extrato do Cadastro Nacional de Informações Sociais Completo, ou seja, extrato com detalhamento pelo menos do último vínculo de trabalho e/ou de vínculos vigentes. 

 

36- Onde encontrar o Extrato CNIS?

Site “Meu INSS” do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS): https://meu.inss.gov.br/central/index.html#/ . No primeiro acesso é necessário cadastrar senha.

Agência da Previdência Social (INSS): Não se esqueça de levar os documentos básicos (RG, CPF e CTPS) e solicitar o extrato “completo”, com detalhamento do último vínculo e/ou de vínculos vigentes.

OBS: Na agência também é possível cadastrar a senha de acesso para o “Meu INSS”.

- Correntista Caixa Econômica Federal: Caixa Eletrônico ou Internet Banking, na opção “Extrato Previdenciário”. Não esqueça de que você deve apresentar o detalhamento do último vínculo de trabalho e/ou de vínculos vigentes. 

- Correntista Banco do Brasil: Caixa Eletrônico ou Internet Banking, na opção “Previdência Social” disponível em “conta corrente”. Nesta opção de acesso, o extrato já apresenta detalhamento dos vínculos de trabalho/contribuição.

ATENÇÃO: Para obter o extrato CNIS é necessário que você/seu CPF esteja vinculado à inscrição no NIS (Número de Identificação Social) ou NIT (Número de Identificação do Trabalhador) Também são equivalentes os números do PIS (Programa de Integração Social) ou PASEP (Programa de Formação do Patrimônio Servidor Público).

Se você já possui Carteira de Trabalho (CTPS) ou já fez o Cadastro Único para os Programas Sociais (CadÚnico) conseguirá acessar o extrato CNIS por alguma das formas já citadas neste documento. Caso não possua NIS/NIT/PIS/PASEP poderá acessar ao site da Previdência (https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/inscricao-na-previdencia-social/) para realizar a inscrição ou ligar para o 135 e então emitir o extrato CNIS.

Outros links:

https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/extrato-de-vinculos-e-contribuicoes-a-previdencia

https://meu.inss.gov.br/central/index.html#/extrato