Você está aqui: Página Inicial > Internacional > Mobilidade > Marca

Programa de Mobilidade Acadêmica Regional para Cursos Acreditados (Marca)

publicado 11/09/2017 16h05, última modificação 22/09/2017 16h54

O que é?

Promovido pelo Setor Educacional do MERCOSUL para incentivar a integração regional, o MARCA possibilita que estudantes matriculados em cursos acreditados no Sistema ARCU-SUL possam realizar um semestre de mobilidade acadêmica em outro curso acreditado. Desde 2015 o programa funciona baseado em projetos de cooperação universitária entre Instituições de Educação Superior da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Chile, que possuam cursos com acreditação vigente, com o objetivo de desenvolver o intercâmbio de estudantes e professores de graduação.

Quem pode participar?

Na UTFPR, o programa é voltado para alunos regularmente matriculados no curso de Agronomia do câmpus Pato Branco, cursando o 4º ou o 5º ano (currículo anual) ou o 5º semestre (currículo semestral), e que tenham obtido nota igual ou superior a 600 no ENEM. A seleção também leva em consideração o coeficiente de rendimento, um exame de suficiência em espanhol e uma entrevista.

Como funciona?

Representantes dos cursos acreditados devem elaborar um projeto e submeter para aprovação do Setor Educacional do MERCOSUL, conforme o cronograma de cada chamada. Caso o projeto seja selecionado e receba o financiamento, a coordenação local lança o edital voltado aos alunos. Os interessados devem realizar a inscrição e aguardar o resultado. Após o resultado final, os estudantes classificados receberão as informações sobre o processo de candidatura nas instituições parceiras (documentação necessária e prazos). Após finalizarem a candidatura, os estudantes classificados deverão aguardar a análise e o parecer da instituição parceira para saber se foram aceitos ou não. Caso sejam aceitos, receberão a Carta de Aceite e deverão tomar as devidas providências quanto à viagem e ao afastamento temporário da UTFPR.

Acesse o site do programa.

Acesse os editais internos.