Você está aqui: Página Inicial > Internacional > Notícias > Egressas da UTFPR são selecionadas para mestrados da Fundação Renault

Notícias

Egressas da UTFPR são selecionadas para mestrados da Fundação Renault

Saiba mais sobre a seleção do programa, do ponto de vista das participantes.
publicado: 25/07/2018 10h43 última modificação: 25/07/2018 10h43

Três egressas da UTFPR foram aprovadas em todas as fases da seleção de 2018 da Fundação Renault, e iniciarão programas de mestrado na França em setembro desse ano, com bolsas pagas pela instituição francesa. Brenda Moraes e Brenda Southier se formaram em Arquitetura e Urbanismo no câmpus Curitiba e foram aceitas no programa de Transporte e Desenvolvimento Sustentável. Giovana Lima se formou em Engenharia Elétrica no câmpus Cornélio Procópio e foi aceita no programa de Mobilidade e Veículos Elétricos.

Motivação

Para as egressas, a motivação para participar do Programa da Fundação Renault não se limitou à experiência de estudar no exterior. Após uma experiência positiva de estudos pelo programa Mobilidade Estudantil Internacional em 2017, também na França, Giovana Lima viu, na chamada da Fundação Renault, uma oportunidade de realizar um curso de mestrado no exterior com bolsa e em uma área relacionada à sua formação, além da possibilidade de se desenvolver em uma área promissora e de realizar estágios na universidade e em uma empresa, os quais são parte obrigatória do programa. Brenda Southier foi motivada principalmente pela multidisciplinaridade do mestrado em Transporte e Desenvolvimento Sustentável, o qual, segundo ela, "trata a mobilidade urbana e a sustentabilidade sob diversos aspectos”, bem como pela expectativa de complementar a formação obtida na UTFPR estudando em uma instituição de renome internacional. Já Brenda Moraes interessou-se pelo programa ainda durante a graduação na UTFPR, o que a fez investir no estudo da língua francesa. “Na minha vida acadêmica, sempre me motivei por assuntos relacionados ao planejamento urbano, e creio que o Mestrado em Transporte e Desenvolvimento Sustentável terá um importante impacto na minha vida profissional”, explicou a egressa. 

Dificuldades

Para Brenda Moraes e Brenda Southier, a etapa mais difícil da seleção foi a entrevista, feita por meio de chamada de vídeo. “Em toda entrevista, sempre há um certo nervosismo”, disse Brenda Moraes. “É preciso estar preparado para perguntas diversas sobre temas relacionados ao curso e sobre suas motivações e personalidade, para convencê-los de que você tem o perfil de aluno que eles buscam e, também, de que fala fluentemente o idioma”, comentou Brenda Southier. Por sua vez, Giovana Lima destacou a dificuldade de conciliar o processo de seleção com seu último semestre na UTFPR: “As etapas de providenciar a documentação exigida pelo processo de seleção e da entrevista ocorreram durante meu último semestre da graduação (2018/1). Eu estava em um momento de muitos afazeres (estágio e TCC) e tinha acabado de voltar de um intercâmbio, então foram muitas coisas para organizar ao mesmo tempo”, explicou Giovana.

Expectativas

Quanto às expectativas em relação à participação no Programa Fundação Renault e ao futuro profissional, as egressas destacaram tanto o aspecto acadêmico e profissional do curso quanto o aspecto cultural de estarem inseridas num ambiente internacional, interagindo com estudantes de diversas nacionalidades. As três selecionadas veem o programa não apenas como uma oportunidade de adquirir e aprimorar conhecimentos, mas como uma experiência que refletirá nas suas vidas profissionais. “Eu espero aproveitar ao máximo esta oportunidade, e, depois do curso, trabalhar no desenvolvimento de tecnologias relacionadas a veículos elétricos”, mencionou Giovana.

Próximas edições

Anualmente, a UTFPR faz a pré-seleção de candidatos entre seus egressos e formandos para os programas da Fundação Renault. Entre outubro de dezembro de 2017 foram pré-selecionados 9 candidatos, entre os quais estavam Brenda Moraes, Brenda Southier e Giovana Lima. A pré-seleção da edição 2019 está prevista para acontecer entre agosto e dezembro de 2018 e será divulgada na página de notícias da DIRINTER, bem como via broadcast aos alunos.