Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Apucarana > Inovação

Notícias

Inovação

Grupo de pesquisa da UTFPR deposita pedido de patente de invenção
publicado: 08/12/2017 15h06 última modificação: 08/12/2017 15h07
Fonte: TN Online

Fonte: TN Online

No último mês, o grupo de pesquisa LAQMATS (Laboratório de Química de Materiais e Tecnologias Sustentáveis), formado pelos docentes e pesquisadores Rafael Block Samulewski, Alesandro Bail, Murilo Pereira Moisés, e o aluno do curso de Licenciatura em Química, Brayan Medina, do Câmpus Apucarana da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR-AP), depositou um pedido de patente de invenção que baseia-se na fabricação de nanopartículas de óxidos magnéticos de ferro e cobalto usando o método mecanoquímico.

Esse processo apresenta vantagens significativas no que diz respeito ao tempo e ao custo de produção, em comparação aos métodos consolidados industrialmente, como por exemplo, aqueles realizados em fase aquosa e que demandam grande quantidade de água e insumos químicos.

Como há uma demanda crescente por materiais magnéticos de alta tecnologia por diversas áreas, tais como, ambiental, biomédica, catálise heterogênea, fotocatálise e sensores, o processo mecanoquímico surge como uma alternativa ambientalmente amigável, pois usa pouco ou nenhum solvente, tornando-se interessante para ser aproveitado por empresas de áreas estratégicas, podendo colaborar com o desenvolvimento de áreas ainda pouco consolidadas no país, como é o caso da área de química de materiais magnéticos avançados.

O LAQMATS, que foi formado em 2014, conta com alunos de graduação e pós-graduação, e vem desenvolvendo vários projetos de pesquisa na área de materiais avançados e saneamento ambiental. Em maio deste ano encerrou um convênio com a Fundação Araucária e Sanepar, no qual foram desenvolvidos adsorventes especiais para a remoção de arsênio de água subterrânea e atualmente possui um convênio com diversas empresas e órgãos de fomento à pesquisa.