Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Apucarana > Tecnologia

Notícias

Tecnologia

Grupo incubado no Hotel Tecnológico desenvolve software voltado à eficiência energética
publicado: 04/06/2018 17h24 última modificação: 06/06/2018 18h59
Da esquerda para a direita: Rone, Murilo e Allan

Da esquerda para a direita: Rone, Murilo e Allan

Incubado no Hotel Tecnológico do Câmpus Apucarana desde 2015, o grupo formado pelos acadêmicos Allan Araujo Pereira e Rone Cleison Souza de Oliveira, sob a orientação do professor Murilo Pereira Moisés, registrou a patente de um software voltado a auxiliar empresas na busca por soluções de eficiência energética: o GreenX.

Segundo os responsáveis pelo projeto, o desenvolvimento se iniciou com a entrada do grupo no Hotel Tecnológico, sendo feito, inicialmente, um estudo de mercado e viabilidade, no qual se comprovou a oportunidade de desenvolver um software de eficiência energética para o mercado. "Com isso, iniciamos o desenvolvimento de um MVP (Produto Mínimo Viável), que se trata de uma versão mais simples do produto e que pode ser lançada com uma quantidade mínima de esforço e desenvolvimento, ou seja, um protótipo do software", explicam. Neste primeiro semestre de 2018, após todo esse processo, foi possível chegar na versão final do software e registrar sua patente junto à UTFPR.

Os desenvolvedores explicam que o GreenX é um software voltado para o público que busca soluções inovadores e competitivas para a redução do consumo de energia nas empresas sem afetar a sua capacidade produtiva. "A plataforma torna fácil a inserção de dados relevantes para a análise do ambiente físico, e propõem, por meio de soluções energéticas, configurações altamente competitivas para as empresas. Assim, com a utilização do software a empresa estará otimizando o consumo de energia e evitando desperdícios de recursos financeiros com o uso de tecnologias com pouca eficiência energética", complementam.

Além disso, o programa também permite a análise de residências pelo próprio proprietário do imóvel que busca a utilização das tecnológicas mais recentes em sua propriedade, sendo que os usuários do aplicativo podem acessar a plataforma por meio de um smartphone ou computador. "Nossa ideia é que o GreenX possa reimaginar o futuro através de suas propostas para o mercado, aliando suas soluções estratégicas com a sustentabilidade do planeta", afirmam.