Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cornélio Procópio > Equipe de Robótica participa com êxito do Desafio Internacional de Exploração Científica
conteúdo

Notícias

Equipe de Robótica participa com êxito do Desafio Internacional de Exploração Científica

Extensão

publicado: 20/02/2020 21h48 última modificação: 20/02/2020 21h49

Equipe de Robótica  participa com êxito do Desafio Internacional de Exploração Científica

A Equipe Lego Rangers, do Câmpus Cornélio Procópio, conquistou excelentes resultados na competição de Robótica First Lego League 2020, realizada em Curitiba nos dias 14 e 15 de fevereiro. 

A competição internacional de exploração científica é promovida anualmente pelo Serviço Social da Indústria-SESI e reúne jovens com idades entre 9 e 16 anos para a disputa de um torneio de Robótica. Os participantes, todos estudantes de ensino fundamental e médio das redes pública e privada de ensino, são instigados e orientados a propor soluções para problemas do dia a dia das sociedades modernas, como viver e viajar pelo espaço ou construir cidades inteligentes.

A Equipe Lego Rangers foi formada em meados de 2019, a partir de um programa de seleção e treinamento coordenado pelos professores José Augusto Fabri e Rodrigo Palácios e pelos alunos dos cursos de graduação em Engenharia Alan Brunielli, Alexandre Policarpo e Mariana Pelisson. Durante um mês, várias oficinas de Robótica foram realizadas com mais de 50 estudantes de escolas públicas e privadas do município. No final do período de treinamento e desenvolvimento, 10 estudantes foram selecionados para integrar a equipe do Câmpus e representar Cornélio Procópio na competição internacional First Lego League 2020.         

Para a competição, que teve como tema, as Cidades Inteligentes, os estudantes desenvolveram e programaram um robô, o qual deveria cumprir várias missões com tempo e trajeto pré-determinados. Os desafios consistiam em criar condições para que um cadeirante pudesse utilizar um balanço em um parquinho infantil, desobstruir ruas com tráfego intenso ou congestionamentos de veículos e construir casas e edifícios inteligentes, entre outros. Após o cumprir suas missões, o robô da equipe Lego Rangers conquistou 490 pontos, e fechou sua participação na 7ª colocação da classificação geral. No total, 16 equipes participaram do torneio.

Para os coordenadores do projeto de extensão, a boa performance do time vai muito além da quantidade de pontos obtidos e da classificação alcançada. Valores como dedicação aos estudos, respeito mútuo, cordialidade, empatia e espírito de equipe contribuem de forma ainda mais significativa para a formação de indivíduos inteligentes, responsáveis e honestos.