Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Dois Vizinhos > Ensino
conteúdo

Notícias

Ensino

Colação de Grau da UTFPR de Dois Vizinhos é marcada pela graduação da primeira Engenheira de Bioprocessos e Biotecnologia do câmpus
publicado: 10/02/2020 15h11 última modificação: 10/02/2020 16h00

Nesta sexta-feira, dia 07 de fevereiro, a Direção-Geral do Câmpus Dois Vizinhos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR-DV), recebeu, para a Solenidade de Colação de Grau de Gabinete, graduandos dos Cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, Engenharia de Software e Engenharia Florestal. A cerimônia aconteceu no Anfiteatro do câmpus.

A sessão solene foi presidida pelo Diretor-Geral do Câmpus, prof. Dr. Everton Ricardi Lozano da Silva e contou com a participação da Diretora de Graduação e Educação Profissional, profa. Dra. Fabiani Das Dores Abati Miranda; do Assessor da Diretoria de Graduação e Educação Profissional, prof. Dr. Ricardo Yuji Sado; do Coordenador do curso de Agronomia, prof. Dr. Alessandro Jaquiel Waclawovsky; do Coordenador do Curso de Ciências Biológicas, prof. Dr. Gustavo Sene Silva; da Coordenadora do Curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, profa. Dra. Milene Oliveira Pereira; da Coordenadora do curso de Engenharia de Software, profa. Dra. Simone de Sousa Borges; e do Coordenador do Curso de Engenharia Florestal, prof. Dr. Edgar de Souza Vismara.

Além da emoção e da alegria sempre presentes nas sessões solenes de formatura, nesta data a cerimônia revestiu-se de um caráter histórico pela colação de grau da primeira formanda do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da UTFPR-DV, Fernanda Kelly Mezzalira.

A graduada Fernanda comentou que caminho percorrido até a colação foi repleto de turbulências, uma verdadeira montanha russa. “Consegui passar por todos os percursos com resiliência. Hoje é um mix de felicidade, por concluir essa etapa tão importante, e também um pouco de medo e nervosismo pela etapa que se inicia. Todos os dias temos muitos desafios, problemas para buscar soluções. Esse é o perfil do engenheiro, ir até o fim, nunca desistir e a universidade te prepara para encarar os desafios também”, ressalta.

A coordenadora do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, profa. Dra. Milene, destacou que "para nós, professores do curso de Bioprocessos e Biotecnologia e para a gestão do câmpus Dois Vizinhos, é um imenso orgulho formar uma profissional com excelência e competência para o mercado de trabalho".

Para a Diretora de Graduação e Educação Profissional, profa. Dra. Fabiani Das Dores Abati Miranda “mesmo diante de todas as dificuldades que são enfrentadas durante a implantação de um curso, hoje ocorreu uns dos momentos mais gratificantes que podemos ter no ensino superior. É com imensa satificação e orgulho que participamos desse momento especial, resultado do empenho e dedicaçao de muitas pessoas, principalmente dos docentes da Coordenação de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia”. Fabiani ainda complementa que “o curso inicia a sua consolidação e não há dúvida que todos os formados serão profissionais de qualidade, altamente capacitados, que contribuirão com a sociedade, com o desenvolvimento tecnológico”.

Segundo o Diretor-Geral, Everton Lozano “A colação de grau da primeira concluinte do curso é um marco importante para o câmpus e para a UTFPR. A formanda passou por um curso com estrutura física de qualidade internacional e teve como professores, profissionais de excelência. Com essa formatura, fechamos o ciclo de formação dos nossos cursos de graduação. É mais um professional de qualidade técnica, científica e humana que a UTFPR-DV disponibiliza para a sociedade”.

Colaram grau ainda os formandos: André Victor Santana Chaves, Elcio dos Santos Backes, Isac Newton Rodrigues Moreira, Leandro Andre Petkowicz e Mateus Gobo Rodrigues, do curso de Agronomia; Jessica Iara Pegorini, de Engenharia de Software; Guilherme Antonio Dadalt Santos e Michel Anderson Masiero, de Engenharia Florestal; Daiane Padilha da Silva, Edina Fernanda Baranoschi, Elana Casanova, Jessica Cousseau Pilonetto, Juliana Marceli Hofma Lopes e Zélia Nathely Baseggio Ávila, de Ciências Biológicas.

A UTFPR Câmpus Dois Vizinhos sente-se muito honrada em entregar estes 15 novos profissionais para a sociedade, ciente da formação de qualidade oferecida e confiante de que os mesmos desempenharão com excelência seus papéis no mercado de trabalho e na sociedade.

 

Sobre o curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia

O curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da UTFPR-DV iniciou suas atividades no primeiro semestre de 2015. O grande desafio era formar profissionais com conhecimentos na área de biotecnologia que tivessem visão social, sustentável, crítica e cientifica. Semestralmente, o curso oferta 44 vagas e foi reconhecido em 2019 com a nota 4 (escala de 1 a 5) na avaliação atribuída pelo Ministério da Educação (MEC).

O curso recebe estudantes de diversas regiões do País, contudo, a maioria dos alunos regularmente matriculados são do Paraná (53% do total). Este panorama demonstra a importância da formação de engenheiros de bioprocessos e biotecnologia capacitados de forma a atender a demanda local e contribuir para o desenvolvimento tecnológico da região.

O curso de Bacharelado em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Dois Vizinhos tem como objetivo formar um profissional polivalente, envolvendo conhecimentos multidisciplinares e tecnologias aplicadas nas áreas da saúde, engenharia, genética, alimentos, cosmética, agropecuária, ambiental, têxtil e química, a fim de contribuir para o desenvolvimento tecnológico e econômico do país com sustentabilidade e preservação ambiental nas mais diferentes esferas, públicas ou privadas.

O profissional formado em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia pode atuar no mercado de trabalho nas seguintes áreas:

1. Desempenho de cargos, funções e comissões em entidades estatais, paraestatais, autárquicas e de economia mista e privada;

2. Planejamento ou projeto, em geral, de regiões, zonas, cidades, obras, estruturas, transportes, explorações de recursos naturais e desenvolvimento da produção industrial e agropecuária;

3. Estudos, projetos, análises, avaliações, vistorias, perícias, pareceres e divulgação técnica;

4. Ensino, pesquisa, experimentação e ensaios;

5. Fiscalização de obras e serviços técnicos;

6. Direção de obras e serviços técnicos;

7. Execução de obras e serviços técnicos;

8. Produção técnica especializada, industrial ou agropecuária.

 

Para mais informações, entre em contato com a coordenação do curso: coebb-dv@utfpr.edu.br, (46) 3536-8927.