Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Francisco Beltrão > Preservação
conteúdo

Notícias

Preservação

UTFPR participa do Desafio do Lixo e promove ações no Dia Mundial da Água
publicado: 22/03/2019 17h33 última modificação: 25/03/2019 09h23

O Desafio do Lixo tornou-se popular no mundo nos últimos dias. Por meio de publicações nas redes sociais os internautas são convidados a reunir um grupo de amigos com a finalidade de recolher resíduos em locais públicos. Com as publicações usando a hashtag “Trashtag Challenge” é possível acompanhar as mudanças após a ação.

Um grupo de alunos dos cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Química da UTFPR de Francisco Beltrão aderiu a proposta da professora Ana Paula de Oliveira, integrante da Comissão do Plano de Logística Sustentável (PLS) da universidade de participar do desafio. Eles se reuniram na Trincheira que dá acesso à universidade para recolher resíduos às margens do Rio Marrecas.

“Propusemos esta ação no Dia Mundial da Água, como uma forma de conscientização. Aproveitamos a popularidade do desafio para ressaltar que a educação ambiental é a melhor forma de poupar a água e o meio ambiente. Se cada um fizesse a sua parte diminuindo o consumo de produtos não reutilizáveis e dando a destinação correta aos resíduos, a água, o ar e o solo não estariam tão contaminados”, comenta a professora Cleila Navarini, que preside a comissão.

Os universitários também irão até as escolas municipais Madre Boa Ventura, Maria Basso Dellani, Rubens Amélio Bonatto, Pedro Algeri e Frei Deodato conversar com os alunos dos 5º anos sobre a importância da preservação dos recursos hídricos. A atividade é coordenada pelo professor Adir Silvério Cembranel e executada em parceria com a secretaria municipal de Meio Ambiente.

Ações da universidade em prol do meio ambiente

A UTFPR possui um Plano de Logística Sustentável que trabalha, em conjunto com a reitoria, direção do câmpus e com projeto de servidores, com ações para minimizar os impactos das atividades cotidianas da universidade no meio ambiente. Entre elas há destaque para a utilização de copos reutilizáveis (não há distribuição de copos descartáveis no câmpus, inclusive no Restaurante Universitário), utilização de papel reciclável e implantação do Sistema Eletrônico de Informações, que permite o tráfego digital de processos e documentos.

A universidade ainda trata 100% dos resíduos gerados no restaurante universitário por meio da compostagem e está instalando cortinas verdes como solução para diminuir as temperaturas dos ambientes e diminuir o consumo de energia com aparelhos de ar-condicionado.

“Trabalhamos em várias frentes buscando a racionalização e sustentabilidade compreendendo materiais de consumo, energia elétrica, água e esgoto, coleta seletiva, qualidade de vida no ambiente de trabalho, compras e contratações sustentáveis e deslocamento de pessoal”, enfatiza Cleila.