Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Francisco Beltrão > Projetos aprovados no CNPq
conteúdo

Notícias

Projetos aprovados no CNPq

Professoras do Câmpus comemoram aprovação de projeto no CNPq
publicado: 11/12/2018 10h11 última modificação: 07/01/2019 09h43

Este ano se encerra de forma especial para as professoras Fabiane Picinin de Castro Cislaghi e Camila Nicola Didomênico, ambas comemoram a aprovação de projetos no CNPq.

O projeto Caracterização físico-química e identificação de compostos voláteis durante a maturação do queijo Colonial artesanal do Sudoeste do Paraná, coordenado pela professora Fabiane, foi aprovado na faixa A da Chamada Universal MCTIC/CNPq n.º 28/2018, que teve como objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que contribuem significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e da inovação do País.

De acordo com a professora Fabiane, “o queijo Colonial é amplamente produzido e consumido no Sudoeste do Paraná, tendo grande importância econômica para a região. A proposta contempla a caracterização físico-química, propriedades físicas, proteólise e perfil de voláteis desse queijo durante a maturação. Os resultados obtidos irão contribuir para o reconhecimento e agregação de valor do queijo Colonial artesanal da região Sudoeste do Paraná. Este projeto aprovado dá continuidade aos estudos que nosso grupo vem desenvolvendo com queijo Colonial artesanal”.

Já o projeto Promovendo a inserção de jovens mulheres nas ciências exatas, coordenado pela professora Camila, foi aprovado na Chamada CNPq/MCTIC Nº 31/2018, - Meninas nas Ciências Exatas, Engenharias e Computação, sendo um dos três projetos aprovados da UTFPR.

A professora Camila relata que “o objetivo de fomentar e incentivar a participação das meninas nas ciências exatas e engenharias, por meio do desenvolvimento de diferentes atividades em escolas do ensino médio do município de Francisco Beltrão, Paraná. A proposta envolverá cinco escolas de ensino médio do município de Francisco Beltrão – Paraná, com distribuição de 23 bolsas, sendo 3 para acadêmicas de graduação da UTFPR, 5 para professoras das escolas envolvidas e 15 para alunas do ensino médio”.

O professor Alexandre da Trindade Alfaro, diretor-geral do Câmpus celebra as duas aprovações como resultado de todo o esforço das equipes proponentes. “Fico muito feliz por nosso Câmpus alcançar resultados tão importantes e desejo muito sucesso na execução dos projetos”, finaliza Alfaro.