Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Francisco Beltrão > Salin
conteúdo

Notícias

Salin

Semana acadêmica da Licenciatura em Informática debate Tendências Tecnológicas
publicado: 21/10/2019 11h05 última modificação: 22/10/2019 15h28

Assim como diversos campos sociais, a educação também passa por constantes transformações. Desde a didática até as metodologias para uma aula devem ser pensadas de acordo com a geração para a qual ela é destinada. Diante destas mudanças a Semana Acadêmica de Licenciatura em Informática (Salin) debaterá as tendências tecnológicas entre os dias 21 e 25 de outubro na UTFPR de Francisco Beltrão.

Entre as tendências abordadas na programação da Salin estão os jogos que podem ser grandes aliados da educação, seja nas ciências básicas, lógica, estratégia, eles podem ser desenvolvidos de modo a atender ou agregar áreas do conhecimento. A palestra de abertura, na segunda-feira (21), às 20h30, aborda a gamificação como metodologia ativa, com o professor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Anibal Guedes.

A programação prevê os minicursos de desenvolvimento de jogos com softwares livres, robótica criativa, desenvolvimento web, sistemas de controle de versão, programação orientada a testes, edição de vídeo, possibilidades didáticas com arduíno, modelos de negócio e pitch.

Ao longo da semana haverá discussões sobre Marketing Digital, com Wilian Galvão e Luan Santos e BlockChain com Eduardo Franciscon. A palestra de encerramento sobre Tendências Tecnológicas e o Futuro da Internet será com Rosauro Barreta, na sexta-feira, às 20h.

Abertura

O evento teve início com apresentações culturais do Coral, do grupo de Teatro “Encenar para Integrar” com a peça Rotina, encenada por Anna Sara Neppel de Oliveira e Ingo Luiz Boff Brandalise e com a apresentação do professor Celso Hotz que interpretou peças na guitarra.

O diretor-geral do câmpus, Alexandre Alfaro, destacou a importância da Semana Acadêmica e parabenizou a organização do evento “a programação traz toda a parte técnica e focada no curso mas também se preocupou em propiciar momentos culturais e atividades como a discussão sobre frustrações e isso mostra a preocupação do curso com a formação humana que é tão importante”, finaliza.

Já o coordenador do curso de Licenciatura em Informática, Michel Albônico, agradeceu a participação dos alunos. “Ver vocês aqui nos motiva a organizar toda programação, que está bem distribuída com muita atividade legal durante todos os dias”, destaca.

Palestra

Ao falar sobre a gamificação como metodologia ativa, o professor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Anibal Guedes, destacou que não se classifica mais, como há pouco tempo em gerações X, Y ou Z e se trabalha com o hibridismo, que mescla o analógico e o digital. “As tecnologias digitais oferecem condições de aprendizagem em contextos incertos, possibilitam desenvolver múltiplos letramentos, permeiam questionamentos das informações, dão autonomia para resolver problemas e compartilham ideias e tarefas e essas interconexões são necessárias para desenvolver determinado projeto”, afirmou.