Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Com presença do ministro da Educação, UTFPR inaugura novo bloco
conteúdo

Notícias

Com presença do ministro da Educação, UTFPR inaugura novo bloco

Cornélio Procópio

publicado: 26/01/2019 00h40 última modificação: 28/01/2019 17h54
Bloco S do Câmpus Cornélio Procópio (Foto: Ascom-CP)

Bloco S do Câmpus Cornélio Procópio (Foto: Ascom-CP)

Com a presença do ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) inaugurou nesta sexta-feira (25) o Bloco S do Câmpus Cornélio Procópio, no Norte do estado. A cerimônia marcou ainda a primeira visita do ministro a uma universidade desde que assumiu a pasta no início deste mês.

Com investimento de R$ 8,2 milhões, o novo bloco conta com cinco pavimentos em uma área total de 4 mil m², que irá abrigar laboratórios, sala de apoio pedagógico, sala para coordenações e de reuniões.

Segundo o ministro, o modelo de universidade tecnológica é de grande importância para o desenvolvimento do país. “A nossa primeira obrigação é ter pontes com o sistema produtivo. Nós podemos decuplicar a produção nacional de riquezas se projetarmos nossos cursos, sobretudo da área tecnológica, para dinamizar o sistema produtivo. Mas onde está a ponta para a criação dessa inovação? Nos polos tecnológicos federais. Esta universidade está projetada para ser um polo de desenvolvimento tecnológico que se irradia pela sociedade", disse.

O reitor Luiz Alberto Pilatti ressaltou a importância das universidades públicas para a pesquisa brasileira, uma vez que são nessas instituições onde parte significativa da pesquisa nacional é produzida. “O Brasil precisa das universidades públicas. Tome como exemplo o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts, EUA), que é a mais importante universidade do mundo. Ela é a mais importante porque faz pesquisa. E a pesquisa brasileira é feita nas universidades públicas. Esse patrimônio vai transformar o Brasil. A educação é a única possibilidade que temos para ter um país diferenciado”, destacou Pilatti.

Sobre o Câmpus

Implantado em 1993, o Câmpus Cornélio Procópio ocupa atualmente uma área de 65 mil m² e oferta oito cursos de graduação - Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Software, Licenciatura em Matemática e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas - e sete programas de pós-graduação - Bioinformática, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Informática, Ensino de Matemática, Administração Pública em Rede Nacional, Matemática em Rede Nacional. A incubadora de inovações tecnológicas do câmpus congrega 18 empreendimentos, que contribuíram na geração direta de mais de 300 empregos nos últimos três anos.