Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Conselho de Graduação publica novas regras para as ADNPs
conteúdo

Notícias

Conselho de Graduação publica novas regras para as ADNPs

Regime Especial

publicado: 14/07/2020 17h09 última modificação: 15/07/2020 11h03
Publicado novo regulamento das ADNPs (Imagem: Freepik)

Publicado novo regulamento das ADNPs (Imagem: Freepik)

O Conselho de Graduação e Educação Profissional da UTFPR publicou nesta segunda-feira (13) uma nova resolução que atualiza a operacionalização do desenvolvimento de Atividades Didáticas Não Presenciais (ADNPs) nos cursos técnicos profissionalizantes, de graduação e centros de línguas estrangeiras modernas. As mudanças foram aprovadas pelo colegiado em sessão online realizada na última sexta (10).

Uma das mudanças é desobrigação de que 75% dos alunos aprovem o desenvolvimento das atividades no novo regime. Os professores que já fizeram a consulta e ficaram limitados por esse item, agora, poderão dar continuidade à proposta de ADNP, sem precisar realizar uma nova consulta aos alunos.

As consultas, no entanto, deverão ser feitas para saber dos alunos as possíveis necessidades de apoio da UTFPR para frequentar as ADNPs. Neste caso, as informações serão centralizadas na Diretoria de Graduação e Educação Profissional (Dirgrad) do câmpus, cabendo ao docente apenas indicar o link do questionário fornecido pela Dirgrad. A nova resolução também tornou optativas as aulas síncronas gravadas.

Segundo o pró-reitor de Graduação da UTFPR, Luís Maurício Resende, as mudanças foram motivadas em decorrência das novas orientações publicadas pelo Ministério da Educação e de uma análise do contexto do regime especial na Universidade. "Após a primeira rodada de propostas das ADNPs, naturalmente percebeu-se a possibilidade de se melhorar o documento, visando mais professores e alunos poderem trabalhar em regime remoto", comenta.

A implantação das ADNPs foi autorizada pelo Conselho Universitário da UTFPR no último mês de maio. Desde 16 de março, as atividades presencias estão suspensas em todos os câmpus da Universidade como medida de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Atualmente, está vigente a Instrução Normativa 8/2020, que prorroga a suspensão dessas atividades até 10 de setembro.