Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Couni debate regime especial de atividades neste sábado, dia 16
conteúdo

Notícias

Couni debate regime especial de atividades neste sábado, dia 16

Conselho Universitário

publicado: 15/05/2020 19h06 última modificação: 15/05/2020 19h06
Sede da UTFPR em Curitiba (Foto: Decom)

Sede da UTFPR em Curitiba (Foto: Decom)

O Conselho Universitário da UTFPR (Couni) realiza a partir das 9h deste sábado, 16 de maio, a sua 58ª Reunião Extraordinária. Em pauta, a possibilidade da instituição de um período de especial para o desenvolvimento de atividades didáticas não presenciais para os cursos de graduação e pós-graduação.

"Ainda não temos nada definido. O que há são essas solicitações dos conselhos de área. Caso o Couni entenda pela viabilidade da matéria, a Universidade irá construir esse regime especial ouvindo todos os segmentos, sempre pensando nas possibilidades mais inclusivas, considerando a diversidade de opiniões e de realidades da nossa comunidade", esclarece presidente do Couni, reitor Luiz Alberto Pilatti.

As duas pautas chegam ao órgão máximo da Universidade após os respectivos conselhos de área, órgãos colegiados com representantes de todos os segmentos da comunidade acadêmica, terem deliberado pela viabilidade do período especial. Caso sejam aprovadas, as matérias retornam a esses conselhos para que hajam novas deliberações sobre a operacionalização das atividades.

Por conta da pandemia da Covid-19, a sessão será realizada por webconferência. A reunião será transmitida pelo canal UTFPR Transmissões, no YouTube. Desde 16 de março, as atividades presencias estão suspensas em todos os câmpus da Universidade como medida de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Atualmente, estão vigentes as ordens de serviço Nº 5/2020 e Nº 6/2020 que prorrogam a suspensão dessas atividades até 31 de maio.

Confira algumas perguntas e respostas sobre o possível regime especial de atividades:

A UTFPR vai disponibilizar aulas a distância?

O Conselho de Graduação e Educação Profissional da UTFPR (Cogep) solicitou ao Conselho Universitário, órgão máximo deliberativo da Universidade, autorização para que se possa discutir a possibilidade de disponibilizar algumas disciplinas no formato não presencial. A votação ocorrerá na reunião deste sábado, 16 de maio, e, caso a matéria seja aprovada, o Cogep, que também conta com representantes de todos os segmentos da comunidade acadêmica, irá normatizar essas atividades.

Caso autorizadas pelo Couni, como essas atividades serão desenvolvidas?

Essa questão será debatida futuramente pelo Cogep. Cabe destacar, inicialmente, que haverá consulta aos docentes e alunos a respeito de disponibilidade, disposição e possibilidades de cada um. Após realizadas essas consultas, cada colegiado de curso irá deliberar quais disciplinas poderão ser ofertadas de forma remota.

O que acontecerá com os alunos e professores impossibilitados de desenvolverem essas atividades?

Não haverá qualquer prejuízo aos estudantes e professores que não puderem realizar as atividades de maneira remota. O intuito é oferecer essa possibilidade àqueles que tiverem condições de desenvolvê-la sem prejuízos ao processo de ensino e aprendizagem.

Há um prazo para o início dessas atividades?

Ainda não há uma previsão. Primeiro, porque a matéria precisa ser deliberada pelo Couni e normatizada pelo Cogep. Para que haja a oferta de uma disciplina de modo remoto, é preciso que o docente se coloque à disposição e, depois, consulte a condição de todos os alunos matriculados. Por último, ainda deve haver a autorização dos Colegiados de Curso para que essas disciplinas sejam realizadas. Para isso, vai ser necessário fazer um planejamento interno para que tudo ocorra com o padrão de excelência historicamente desenvolvido pela UTFPR.