Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Divulgação Científica > Estudante desenvolve auxiliar de mobilidade com varas de bambu
conteúdo

Notícias

Estudante desenvolve auxiliar de mobilidade com varas de bambu

Para cães

publicado: 04/07/2019 09h02 última modificação: 04/07/2019 09h02
Protótipo construído para o cão Faísca

Protótipo construído para o cão Faísca

Um aluno do Câmpus Pato Branco desenvolveu um auxiliar de locomoção de baixo custo para cães sem mobilidade de membros posteriores. O projeto faz parte do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do estudante de Engenharia Mecânica, Lucas Donaduzzi. Orientado pelo professor Fabiano Ostapiv, o auxiliar de locomoção foi produzido a partir de varas de bambu.

Segundo as pesquisas realizadas no projeto, com o aumento da população de cães no país, muitos desses animais são idosos, acidentados ou desenvolveram problemas que levaram a perda de mobilidade, além da alta quantidade de cães abandonados nas ruas. Buscando contribuir para a melhoria de qualidade de vida e diminuição do sofrimento destes animais, os idealizadores do projeto buscaram materiais confiáveis, disponíveis e de baixo custo para construir um protótipo, especialmente por constatar que os produtos existentes no mercado são, em sua maioria, inadequados para os cães e muito caros.

Durante as pesquisas, foram realizadas entrevistas com médicos veterinários e tutores de animais com problemas de locomoção, visando identificar as necessidades dos usuários. A partir disso, foi estudada a ergonomia canina, feitos desenhos manuais e computacionais das ideias, realizados ensaiados de materiais, construídos protótipos, feitas simulações computacionais das estruturas e, finalmente, testados os produtos usando os animais debilitados, cuidados pelo próprio aluno.

"Os produtos existentes no mercado muitas vezes não levam em conta fatores básicos como o local onde o cão reside, que pode ter buracos e desníveis no chão. Isto faz com que o cão simplesmente não consiga usar o equipamento. O protótipo desenvolvido pode ser usado tanto em terrenos lisos como irregulares e é construído sob medida, ou seja, leva em conta o peso e altura de cada animal", explica o aluno Donaduzzi.

Para o professor Fabiano Ostapiv, o projeto é promissor. "No futuro, estes protótipos poderão ter pequenos motores elétricos para facilitar ainda mais a vida dos nossos amigos caninos", completa.

O protótipo desenvolvido mostrou-se mais barato e eficiente que muitos mecanismos existentes no mercado. O bambu é uma matéria-prima sustentável e resistente e pode ser usado para substituir com eficiência outros materiais.

Bambu

O auxiliar de mobilidade desenvolvido utilizou o bambu que é uma planta tropical, renovável e, por isso, sem a necessidade de replantio. Além disso, é a espécie florestal com maior velocidade de crescimento e de aproveitamento por área.

Produtos à base de bambu processado podem substituir outros materiais como plástico, aço e ainda serem utilizados na construção civil.