Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Divulgação Científica > Pesquisadores testam planta para tratamento de tumores
conteúdo

Notícias

Pesquisadores testam planta para tratamento de tumores

Câncer

publicado: 19/11/2019 10h34 última modificação: 19/11/2019 18h10
Planta é encontrada na região Sudoeste (Imagem: Freepik)

Planta é encontrada na região Sudoeste (Imagem: Freepik)

Quando um paciente recebe o diagnóstico de câncer, a notícia assusta a todos em sua volta. Porém, cada vez mais são divulgadas informações sobre novos tratamentos. A maioria dos medicamentos, ainda, possui um custo elevado por utilizar materiais feitos de matéria-prima sintética. Por isso, há um amplo interesse em compostos extraídos de fontes naturais, que possam ser utilizados como fármacos antitumorais.

Uma equipe de pesquisadores do Câmpus Francisco Beltrão da UTFPR estuda a viabilidade da extração dos compostos a partir da Urera baccifera, uma arvoreta da família Urticaceae encontrada em abundância desde o México até o Sul da Argentina, Brasil e Peru.

O extrato retirado de partes específicas da planta, caracterizado e purificado, pode ser utilizado para a criação de medicamentos. Outra vantagem é que a matéria-prima a ser utilizada para a criação destes produtos existe em grande quantidade no Sudoeste do Paraná.

Pré-testes demonstram a viabilidade da extração dos compostos a partir da Urera baccifera de modo rápido e fácil. Agora, os estudos dos pesquisadores estão em fase de testes em culturas de células tumorais em escala laboratorial.

O grupo de pesquisadores que realiza o estudo é formado pelas professoras Irede Angela Lucini  Dalmolin e Elisângela Düsman e pelo aluno de Engenharia Química Guilherme Berton. “Em termos de atividade citotóxica/antitumoral, os experimentos estão em andamento, com o objetivo de avaliar diferentes linhagens de tumores humanos”, explica a professora Irede Dalmolin.

O projeto foi um dos contemplados no Programa Sinapse da Inovação do Paraná, organizado pela Fundação Araucária. Ao todo, 1.851 ideias inovadoras foram recebidas de todo o estado do Paraná. Ao final, 100 ideias foram aprovadas. O resultado com os projetos contemplados foi anunciado ao final do mês de outubro.

Entre os aprovados, 19 deles tiveram como proponentes principais estudantes e servidores da UTFPR. Outros 17 foram inscritos por egressos da instituição e mais cinco contaram com a participação de ex-alunos, graduandos e docentes.