Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Maioria dos alunos das instituições federais tem baixa renda
conteúdo

Notícias

Maioria dos alunos das instituições federais tem baixa renda

Pesquisa

publicado: 24/05/2019 13h03 última modificação: 03/06/2019 14h42
Decom Fachada do Câmpus Cornélio Procópio

Fachada do Câmpus Cornélio Procópio

A maior parte dos graduandos das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) tem baixa renda. O dado foi publicado na 5ª edição da Pesquisa de Perfil Socioeconômico dos Estudantes das Universidades Federais referente a 2018, no dia 16, pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Federais de Ensino Superior (Andifes).

Pouco mais de 70% dos alunos das Ifes tem renda familiar per capita que varia de meio (26,61%), um (26,93%) e um e meio (16,61%) salário mínimo. Na UTFPR, são 63,4% que se encontram nessa mesma faixa.

Além disso, a pesquisa da Andifes aponta que 64,7% dos estudantes vieram de escola pública. Na UTFPR, o dado se assemelha ao chegar a 63,3%. Além do índice relacionado à renda, é perceptível a ampliação de oportunidades se comparadas às gerações anteriores. De acordo com a pesquisa, mais de 60% dos pais e mães de alunos chegaram apenas até o Ensino Médio.

Na UTFPR, são 31 mil estudantes de graduação, entre os quais 14 mil ingressaram por cotas destinadas à inclusão de estudantes oriundos de escolas públicas e/ou pessoas de baixa renda, pretas, pardas, indígenas e com deficiência.

Com base nesse cenário, a Universidade busca apoiar os alunos a continuarem os estudos e as atividades, por meio de diferentes programas. Em 2018, o programa de auxílio estudantil da UTFPR contemplou 3.454 alunos com auxílio básico e 4.670 alunos no auxílio moradia. Além disso, foram contemplados 50 projetos no programa de protagonismo e 11 projetos no de qualidade de vida e 573 estudantes receberam auxílio do edital de participação em eventos.  O programa institucional de monitoria da UTFPR contemplou cerca de 700 estudantes monitores e o programa de extensão concedeu 165 bolsas. Já o programa de Bolsa Permanência do Ministério da Educação totalizou 1.162 bolsas pagas em 12 meses aos estudantes.

 

Conheça outros dados da Pesquisa no relatório gráfico ou o relatório completo da Andifes.