Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Servidores > Critérios da avaliação de desempenho podem ser negociados até dia 30
conteúdo

Notícias

Critérios da avaliação de desempenho podem ser negociados até dia 30

publicado: 22/05/2020 00h06 última modificação: 22/05/2020 00h07
Negociação dos critérios de avaliação deve ser feita nos Sistemas Corporativos (Imagem: Decom)

Negociação dos critérios de avaliação deve ser feita nos Sistemas Corporativos (Imagem: Decom)

A Comissão de Avaliação de Desempenho dos Servidores da UTFPR estendeu até 30 de maio o prazo para negociação dos critérios de avaliação de desempenho dos servidores, que deve ser feita por cada chefia imediata diretamente no Sistema Siavi - Sistemas Corporativos.

Os critérios servirão para que os desempenhos dos servidores sejam avaliados ao longo deste ano de 2020. A etapa da avaliação  propriamente dita está prevista para ocorrer entre 4 de janeiro e 5 de maço de 2021. "Consideramos também que o acompanhamento cotidiano do desempenho dos servidores ao longo do ano, realizado pelas chefias, o qual embasa posteriormente a concretização da avaliação de desempenho, deve ocorrer tanto quando o trabalho é executado presencialmente nas instalações da UTFPR, quanto quando é executado remotamente", destaca nota da comissão.

A orientação, no entanto, é que as particularidades e dificuldades específicas do trabalho remoto imposto como medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) "sejam levadas em consideração pelos diversos atores institucionais envolvidos no processo de avaliação de desempenho".

O Sistema de Avaliação Institucional (Siavi), utilizado para negociar critérios, avaliar setores, chefias e servidores, pode ser acessado a partir de qualquer dispositivo eletrônico com acesso à internet, mediante login e senha do usuário. A negociação dos critérios poderá ser feita a qualquer tempo, sempre que o gestor identificar necessidade.

Sobre a avaliação

A avaliação de desempenho é um processo multilateral que busca envolver todos os servidores em seus compromissos com a Universidade, com a educação e com a sociedade. Ela possibilita que o servidor identifique se sua conduta está condizente com o que é esperado dele e, assim, busque, em conjunto com gestores e equipes, possíveis caminhos para alinhar necessidades pessoais e institucionais, almejando-se como resultado final a geração de valor social por meio da prestação de serviço público de qualidade.

Para mais informações, acesse o Manual da Avaliação de Desempenho.