Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Tese premiada desenvolve solução de avaliação de conhecimentos de alunos
conteúdo

Notícias

Tese premiada desenvolve solução de avaliação de conhecimentos de alunos

Ensino de Programação

Publicação ganha primeiro lugar em concurso nacional
publicado: 15/12/2020 10h26 última modificação: 15/12/2020 10h26
Método identifica evidências de aprendizado através de uma abordagem baseada em habilidades (Foto: Freepik)

Método identifica evidências de aprendizado através de uma abordagem baseada em habilidades (Foto: Freepik)

Um estudo realizado por professores do Câmpus Guarapuava resultou em uma tese, a qual desenvolveu uma solução computacional para buscar evidências de que um aluno aprendeu os conhecimentos abordados nos exercícios de programação (códigos) desenvolvidos. O trabalho traz importantes resultados para a área de educação em Informática, principalmente no ensino de Programação de Computadores.

 A tese " Identifying Evidences of Computer Programming Skills Through Automatic Source Code Evaluation  (Identificando evidências de habilidades de programação de computadores através da avaliação automática do código fonte)" foi desenvolvida pelos professores Andres Porfírio e Eleandro Maschio, da coordenação do curso de Tecnologia em Sistemas para Internet. Eles obtiveram ainda o primeiro lugar no Concurso Alexandre Direne de Teses, Dissertações e Trabalhos de Conclusão de Curso (CTD-IE) promovido pela Sociedade Brasileira de Computação no Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE/2020), realizado de forma online no último mês de novembro.

 Segundo o professor Andres, avaliar o código fonte produzido pelos alunos de forma contínua e em tempo hábil é uma tarefa desafiadora para os professores. “A literatura apresenta diferentes métodos para avaliação automática de código fonte, em sua maioria focando em aspectos técnicos. Esta pesquisa apresenta o método A-Learn EvId, tendo como principal diferencial a avaliação de habilidades de alto nível ao invés de aspectos técnicos”, explica.

 Para o professor, eles estudaram um método de identificação automática de evidências de aprendizado através de uma abordagem baseada em habilidades e que permite o acompanhamento do progresso dos alunos. Durante o trabalho, foi mapeado um conjunto de 37 habilidades identificáveis por meio de nove estratégias automáticas de avaliação de código fonte, além da construção de bases de dados, totalizando 8651 arquivos.

“O método é caracterizado pela implementação de diferentes estratégias para avaliação de códigos fonte, identificação de evidências de habilidades de programação e representação destas habilidades em um modelo do aluno”, complementa.

 “Com isso, identificamos soluções funcionalmente corretas, porém conceitualmente incorretas, ou seja, quando o programa é funcionalmente correto, retornando resultados esperados à determinadas entradas, porém foi construído com recursos e conceitos incorretos”,  finaliza Andres Porfírio.

 Outras informações estão no artigo submetido ao Concurso. 

Tese

A tese é de autoria do professor Andres Porfírio, orientada pelos professores Roberto Pereira (UFPR) e Eleandro Maschio (UTFPR). Os estudos foram inicialmente orientados pelo professor Alexandre Direne (in memorian), o qual foi homenageado como o nome da premiação. 

Os professores fazem parte do grupo de pesquisa denominado Núcleo de Pesquisas no Ensino da Computação (NPEC) e já conquistou esse prêmio em outras duas edições: 2014 e 2015.