Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > UTFPR é a vencedora do programa CiberEducação Cisco
conteúdo

Notícias

UTFPR é a vencedora do programa CiberEducação Cisco

Cibersegurança

publicado: 29/09/2020 18h03 última modificação: 29/09/2020 18h03
UTFPR é destaque nacional do CiberEducação Cisco Brasil (Imagem: Freepik)

UTFPR é destaque nacional do CiberEducação Cisco Brasil (Imagem: Freepik)

A UTFPR conquistou o primeiro lugar entre 81 instituições participantes da maratona Learn-a-Thon Brasil 2020, coordenado pela Cisco Networking Academy como parte integrante da CiberEducação Cisco Brasil, que tem por objetivo fomentar a formação de profissionais na área da cibersegurança. O resultado divulgado no dia 21 também deu o primeiro lugar para a UTFPR na categoria instrutor - ao todo, são 144 instrutores envolvidos no programa.

Ao todo, participaram da Academy Support Center (ACS) da UTFPR 1.833 alunos, sendo que 435 completaram os dois cursos da primeira fase e, destes, 189 foram selecionados para receber bolsas de estudos profissionalizante em CCNA1+CyberOps, pagas pela Cisco. Os que concluírem esta fase receberão certificados e distintivos digitais, e ficaram aptos para concorrer a bolsas de estudo para as próximas fases do programa.

As outras duas academias classificadas foram: o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), em segundo lugar, com 337 alunos formados; e, em terceiro, a Escola de Comunicações do Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército, com 199 alunos formados.

O Programa combina os esforços de transformação digital da iniciativa Brasil Digital e Inclusivo às oportunidades educacionais da Cisco Networking Academy (NetAcad), com o intuito de atender a crescente demanda por profissionais na área de cibersegurança e estimular a empregabilidade nesta área. Dividido em três fases, o programa oferece formação profissional a estudantes, bem como oportunizara estágio e trabalho na área.

Nesta mesma fase da Maratona Learn-A-Thon, a Cisco classificou o professor Eden Ricardo Dosciatti, do Departamento Acadêmico em Informática do Câmpus Pato Branco, em primeiro lugar entre os instrutores.

Segundo o coordenador da ACS-UTFPR, Fábio Favarim, os resultados positivos da Universidade vieram a partir de uma articulação conjunta com os câmpus, o que permitiu uma concentração de esforços para a promoção do evento. “Esta foi a primeira experiência da ASC de maneira unificada na Instituição e o resultado foi extremamente positivo. Ficamos à frente de instituições renomadas, o que nos permitiu consolidar o nome da UTFPR como uma das protagonistas na transformação digital", comenta Favarim. Na UTFPR, são polos da Academia Cisco os câmpus Apucarana, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Curitiba, Medianeira, Pato Branco e Ponta Grossa.

No último dia 21, foi iniciada a fase de capacitação, que contempla os 1.270 melhores alunos da primeira etapa. Também está previsto para agosto de 2021 a fase de estágio, oportunidade para os alunos poderem aplicar os conhecimentos adquiridos, bem como oportunidades de emprego oferecidos pelo ecossistema de organizações parceiras.