Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > UTFPR recebe Prêmio do Instituto de Arquitetos do Brasil
conteúdo

Notícias

UTFPR recebe Prêmio do Instituto de Arquitetos do Brasil

Campus Curitiba

Projeto Arquivo auxilia a preservação do patrimônio de Curitiba
publicado: 31/05/2022 09h02 última modificação: 31/05/2022 09h05
Estudantes e professora trabalham nas maquetes do projeto em Laboratório (Foto: Decom)

Estudantes e professora trabalham nas maquetes do projeto em Laboratório (Foto: Decom)

No dia 25, o projeto Arquivo do Campus Curitiba foi premiado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) em um evento em São Paulo, na categoria de ‘sites, revistas eletrônicas e redes sociais’ de 'Cultura Arquitetônica'.

O projeto da UTFPR passou pela etapa regional de seleção e concorreu junto a outros 134 selecionados de todo o país, com a produção e a sistematização de um inventário sobre o patrimônio arquitetônico de Curitiba. Para a docente coordenadora do projeto, Giceli Portela, a premiação é uma forma de reconhecimento importante. “Isso mostra que estamos no caminho certo e que o esforço valeu a pena. Em um universo de tantas ações culturais, a maior instituição brasileira da área entendeu a Educação como uma realização importante de Arquitetura”, diz.

O trabalho envolve cerca de 20 pessoas, com a participação de voluntários, estudantes e egressos de Arquitetura e Urbanismo da Universidade. O grupo desenvolve pesquisas em diferentes lugares, como bibliotecas e arquivos públicos, para depois permitir a consulta gratuita de dados pela comunidade em um único site. “O estudante do curso vai a campo, busca as informações, faz o desenho do imóvel e depois transforma tudo em um inventário público, prestando um serviço para a sociedade”, explica.

O conteúdo completo do levantamento é disponibilizado com os detalhes das estruturas, incluindo ilustrações, descrições, fotos, histórias e curiosidades. Até o momento, foram catalogados cerca de 180 imóveis da cidade. Em algumas destas edificações, foi inserido o código QR na entrada para o visitante apontar o celular e já conferir mais sobre o local.

Portela relata que cidades vizinhas têm feitos pedidos para ampliação da iniciativa e já sonha com a expansão. “A gente gostaria de se deslocar e levar o projeto para outros lugares do Paraná, que são berços do patrimônio interessantíssimos”, detalha.

Para saber mais, acesse a plataforma do projeto Arquivo.

Mais sobre
A iniciativa é realizada desde 2018 como um projeto de extensão da UTFPR, completando 4 anos de existência. A atuação do grupo é feita em convênio com a Prefeitura do município, que cedeu um imóvel no centro histórico para a implementação da Escola do Patrimônio. Como meio de reconhecimento pelo trabalho desempenhado, por meio da Fundação Cultural de Curitiba, sete estudantes do Projeto Arquivo tiveram a oportunidade de fazer um intercâmbio acadêmico na École de Chaillot, em Paris, entre 10 e 20 de fevereiro deste ano.