Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pato Branco > Matemática
conteúdo

Notícias

Matemática

UTFPR promove a I Pato’: uma Gincana de Derivadas para acadêmicos de graduação de Pato Branco, dias 06 e 25/06
publicado: 24/05/2019 15h39 última modificação: 24/05/2019 15h39

Com os objetivos de fomentar o interesse pela disciplina de Cálculo 1, estimular o envolvimento de acadêmicos na resolução de derivadas, aprimorar conhecimentos que serão aplicados em diversas áreas e fortalecer a importância do cálculo para a vida profissional dos estudantes, o departamento acadêmico de Matemática (DAMAT), da UTFPR – Campus Pato Branco, realizará a I Pato’: uma Gincana de Derivadas, nos dias 06 e 25 de junho.

A gincana será uma competição de resolução de exercícios de derivadas de funções de uma variável, na qual serão excluídas funções hiperbólicas e inversas trigonométricas.

O público-alvo da Pato’ são os estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação de uma das instituições de ensino do município de Pato Branco: UTFPR, FADEP ou Mater Dei.

Conforme disposto no regulamento, a gincana terá duas fases distintas: a primeira fase (classificatória) ocorrerá no dia 06 de junho de 2019, no anfiteatro da UTFPR-PB, com início às 13h30min e a segunda fase (eliminatória), no dia 25 de junho, no saguão dos blocos M e N da UTFPR-PB. A Pato’ será realizada em duplas e as inscrições serão por meio de formulário eletrônico.

Na fase classificatória serão realizadas 10 rodadas e, em cada rodada será apresentada uma questão de derivadas, a qual deverá ser resolvida pelas duplas de competidores, no tempo máximo de 5 minutos. A pontuação em cada rodada será definida pelo acerto e pelo tempo necessário para a resolução. As 16 duplas com as melhores pontuações serão classificadas para a fase eliminatória.

Na fase eliminatória, as duplas competirão entre si em rodadas de oitavas-de-final, quartas-de-final, semifinal e final. Em cada rodada, as duplas terão 5 minutos para calcular a derivada proposta.

Conforme informações das responsáveis pela organização, professoras Dayse Regina Batistus e Larissa Hagedorn Vieira, dentre as regras gerais da fase eliminatória, “a dupla que acertar a resolução no menor tempo será classificada para a etapa seguinte. Caso a dupla que resolveu no menor tempo erre a resolução e a adversária acerte, então a dupla adversária é classificada e, no caso em que nenhum dos competidores acerte a resolução, será proposta pela comissão organizadora uma nova derivada a ser resolvida”.

Haverá premiação para as três duplas melhores colocadas e para a equipe cujo nome for eleito o mais criativo. Cabe ressaltar que os participantes receberão certificados de Atividade Complementar e participação em Ação Social.