Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitoria > Conselho aprova PDI 2018-2022 e outorga de títulos acadêmicos

Notícias

Conselho aprova PDI 2018-2022 e outorga de títulos acadêmicos

Couni

publicado: 18/12/2017 18h28 última modificação: 18/12/2017 18h28
Conselheiros reunidos na sala de reuniões do Couni

Conselheiros reunidos na sala de reuniões do Couni

Em sua última reunião ordinária de 2017, realizada nesta segunda-feira (18), o Conselho Universitário da UTFPR (Couni) aprovou o novo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) para o período 2018-2022. O documento identifica a filosofia de trabalho da Universidade, a missão a que se propõe, as diretrizes pedagógicas que orientam suas ações, sua estrutura organizacional e atividades acadêmicas que desenvolve ou pretende desenvolver.

 O PDI foi elaborado após a realização de 16 audiências públicas em todos os câmpus da Universidade e que contaram com a participação de 1.187 pessoas. Ao todo, foram recebidas 1.559 sugestões da comunidade acadêmica, seja nas audiências ou por meio de formulário eletrônico e e-mails. 

Também durante a reunião, foi aprovado o Novo Regulamento do Programa de Auxílio Estudantil da UTFPR. Segundo o conselheiro Carlos Henrique Mariano, relator do processo, a proposta foi elaborada por uma comissão composta por representantes dos servidores e dos estudantes e busca atualizar as normativas do Conselho que respaldam os processos de seleção do Programa de Auxílio Estudantil da UTFPR.

"A proposta foi submetida à consulta pública por um período de 30 dias. Os estudantes foram ouvidos por meio de reuniões com lideranças estudantis e os Nuapes [Núcleo de Acompanhamento Psicopedagógico e Assistência Estudantil] dos câmpus e por meio de oitivas presenciais e videoconferências", destacou o conselheiro. 

O colegiado também aprovou o Plano Anual de Atividades da Auditoria Interna (Paint) da UTFPR para o exercício 2018. O documento já havia recebido parecer favorável do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) no que se refere ao enquadramento do conteúdo às instruções normativas do órgão.

Títulos Acadêmicos

Os conselheiros aprovaram ainda a outorga dos seguintes títulos acadêmicos: Professor Emérito (post mortem) ao ex-diretor do então Cefet-PR Ivo Mezzadri, falecido no último mês de maio; Professor Emérito ao professor Toshiyuki Sawada, do curso de Arquitetura e Urbanismo (Câmpus Curitiba); e Professor Honoris Causa ao professor João Alberto Sobrinho Teixeira, do Instituto Politécnico de Bragança (Portugal).