Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitoria > Divulgação Científica > Grupo de estudos descobre nova doença em espécie florestal

Notícias

Grupo de estudos descobre nova doença em espécie florestal

Fitopatologia

publicado: 28/03/2018 16h42 última modificação: 28/03/2018 16h43

Um estudo publicado este mês na revista Plant Disease relatou pela primeira vez uma doença causada pelo fungo Bipolaris secalis na espécie Heliocarpus americanus, árvore conhecida popularmente como jangada-brava. A descoberta da nova doença foi realizada pelo grupo de estudos em Fitopatologia e Sanidade de Sementes, do Câmpus Dois Vizinhos.

Denominada “mancha das folhas de jangada-brava”, a doença causada pelo fungo fitopatogênico causa manchas foliares e reduz em até 80% a germinação das sementes da espécie, que é nativa da região norte do Paraná e ocorre também em regiões de São Paulo e de Minas Gerais. A jangada-brava é uma espécie bastante utilizada na recuperação de áreas degradadas devido ao seu ótimo crescimento.

O fitopatógeno foi detectado durante testes de sanidade de sementes da jangada-brava realizados no Laboratório de Fitopatologia, coordenado pela professora Maristela Rey, do curso de Agronomia, e pelo professor Cleverson Busso, do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGBiotec). Os testes faziam parte da elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da aluna Caliandra Bernardi, do curso de Engenharia Florestal, que hoje é mestranda do PPGBiotec no Câmpus Dois Vizinhos.

O TCC tinha o objetivo de executar diferentes testes para detecção de fungos em sementes de espécies florestais nativas da região. Para a descoberta da nova doença relatada, foram realizados, além de testes de detecção, testes morfológicos e moleculares do fungo.

No mesmo estudo, que ainda está em andamento, foram detectadas em torno de 70 novas doenças em várias espécies florestais nativas. A descoberta da doença “mancha das folhas de jangada-brava” foi publicada na revista Plant Disease – publicada pela Sociedade Americana de Fitopatologia (APS) e uma das mais importantes da área em todo o mundo – com o título “First report of Bipolaris secalis causing disease on jangada brava (Heliocarpus americanus) seeds in Brazil” (em português: “Primeiro relato de Bipolaris secalis causando doença em sementes de jangada-brava (Heliocarpus americanos) no Brasil”).