Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitoria > Divulgação Científica > Projeto com participação da UTFPR vence o Desafio da Nuvem na Suíça
conteúdo

Notícias

Projeto com participação da UTFPR vence o Desafio da Nuvem na Suíça

Computação

publicado: 18/02/2019 09h10 última modificação: 18/02/2019 09h52
foto: Frepik

foto: Frepik

A solução para processamento seguro de dados de sistemas de redes elétricas inteligentes (Secure End-to-End Processing of Smart Grid Data) foi a vencedora do Desafio de Computação na nuvem, o Cloud Challenge, divulgado no último mês de dezembro.  A solução faz parte do projeto SecureCloud e é executado por um consórcio internacional que conta com a participação da UTFPR, através dos professores do Câmpus Curitiba, Keiko Fonseca, Marcelo Rosa, Luiz Celso Gomes Junior. O projeto foi apresentado no evento 11th IEEE/ACM International Conference on Utility and Cloud Computing, realizado no Technopark Zurich, na Suíça, conquistando o primeiro lugar do desafio.

O Cloud Challenge é uma competição, na qual os participantes apresentam soluções que utilizam tecnologias Cloud. As propostas podem variar de abordagens exploratórias a problemas do mundo real que se beneficiam de nuvens privadas, públicas ou híbridas que se estendem até plataformas de computação Fog and Edge. Nesta edição, foram incentivadas, especialmente, as propostas com foco na segurança.

A premiação foi de aproximadamente R$ 4 mil (CHF 1000) para recursos de nuvem e serviços gerenciados na APPUiO.ch Swiss Container Platform.

O objetivo do projeto vencedor é permitir a confidencialidade e integridade de dados e aplicativos em ambientes de nuvem não confiáveis. O projeto aproveita tecnologias como Intel SGX, OpenStack e Kubernetes para fornecer uma plataforma em nuvem que suporte aplicativos seguros. Além disso, o projeto fornece ferramentas que ajudam a gerar aplicativos e serviços seguros a serem implantados em nuvens não confiáveis. 

Os resultados foram validados no cenário de redes inteligentes (Smart Grids) e permitiram um fluxo de trabalho de dados protegido do início ao fim: da coleta de dados à geração de informações de alto nível, como alertas de fraude.

Mesmo em ambientes privados, as plataformas de computação em nuvem permitem o gerenciamento ágil e de autoatendimento, o que significa que os recursos físicos são compartilhados com mais eficiência. No entanto, o uso de infraestruturas compartilhadas também cria mais oportunidades para ataques e violações de dados. O projeto SecureCloud desenvolve plataformas para o suporte a aplicativos seguros.