Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitoria > Prefeito de Curitiba participa do lançamento do projeto que fará inventário das obras da cidade

Notícias

Prefeito de Curitiba participa do lançamento do projeto que fará inventário das obras da cidade

Patrimônio Histórico

publicado: 17/05/2018 10h30 última modificação: 17/05/2018 10h30
UTFPR recebe primeiro azulejo do projeto Arquivo

UTFPR recebe primeiro azulejo do projeto Arquivo

Um inventário sobre o Patrimônio Histórico Arquitetônico de Curitiba é a proposta de um projeto do grupo de pesquisa acadêmica do curso de Arquitetura e Urbanismo do Câmpus Curitiba da UTFPR. O objetivo é tornar acessível a toda população as informações das obras históricas da cidade. O lançamento oficial do projeto Arquivo foi realizado na última quarta-feira (16), no auditório do Câmpus, e contou com a presença do reitor Luiz Alberto Pilatti, do prefeito Rafael Greca, da presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina Castro, e do diretor do Câmpus, Marcos Flávio de Oliveira Schiefler Filho.

 O Arquivo registra e documenta imóveis de interesse histórico de Curitiba e, através de uma página da internet, as pessoas poderão conferir informações de cada imóvel. Os locais terão também a instalação de um azulejo com o nome do imóvel e um código de acesso online para as informações histórica e arquitetônicas de cada unidade. 

Segundo o reitor Pilatti, esse projeto é a cara da Universidade Tecnológica. “Ações como essa mostram o verdadeiro papel da UTFPR que é de levar a educação para trabalhar em conjunto com a indústria e o poder público”, afirma.

Para o prefeito Greca, este é um grande instrumento para a preservação do patrimônio cultural de Curitiba. Ele relembrou ainda projetos anteriores que também buscavam esse resgate que culminou com a elaboração da Lei Nº 6337, em 1982. A lei instituiu incentivo construtivo para a preservação de imóveis de valor cultural, histórico ou arquitetônico. “Eu percorri as ruas de Curitiba fazendo o levantamento de todas as casas históricas”, lembrou o prefeito.

UTFPR será unidade número 1

A primeira unidade a receber o azulejo com informações do projeto foi o próprio prédio da UTFPR. A antiga Escola de Aprendizes Artífices, que possuía sua primeira sede em edifício na Praça Carlos Gomes e, em seguida, foi transferida para o prédio atual na avenida Sete de Setembro, em 1934.  

O projeto foi desenvolvido pelas professoras Giceli Portela e Iaskara Florenzano, e pelos alunos Bruno Sobota, Dyego Lima, Emanuel Aquino, Guilherme Baldini, Laís Devilla, Larissa Mendes, Thalita Masironi, Raul Grossi e Viviane Fogaço.

Para a professora Giceli Portela, um dos grandes méritos do projeto é levar a informação acadêmica ao alcance de todos. “Utilidade é a palavra mágica e esse sentimento motivou os alunos”, comentou.

Um dos alunos envolvidos no projeto, Murilo Rodrigues, complementou que o conteúdo presente na página pode ser alterado constantemente com novas informações, pesquisas, fotografias e dados sobre cada unidade.