Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Toledo > Mestrado Profissional em Tecnologias em Biociências

Notícias

Mestrado Profissional em Tecnologias em Biociências

Capes aprova novo curso de pós-graduação para a UTFPR - Câmpus Toledo. Uma conquista para a universidade e Biopark
publicado: 01/11/2018 11h00 última modificação: 01/11/2018 16h05

No dia 26 de outubro, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou a aprovação do novo curso de pós-graduação para a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Câmpus Toledo, o Mestrado Profissional em Tecnologias em Biociências (PPGBio), na área interdisciplinar.

O processo seletivo ocorrerá no primeiro semestre de 2019 e prevê o número de 20 (vinte) vagas.

PPGBio é uma das ações propostas pelo UTFBio, que surgiu a partir de uma parceria entre a UTFPR e o Parque Científico e Tecnológico de Biociências (Biopark).  

Segundo o diretor geral do câmpus Toledo, Rodolfo Eduardo Vertuan, “estamos muito felizes com a aprovação do programa. Foram 82 propostas de Mestrado Profissional submetidas à área interdisciplinar da Capes e somente a proposta da UTFPR - Câmpus Toledo foi aprovada. Foi o resultado do trabalho conjunto de diversos docentes, sob a coordenação do profº. Renato Eising, da Diretoria de Pesquisa e Pós-graduação, da Diretoria Geral, da Diretoria de Relações Empresariais e Comunitárias e da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação. Esse resultado também é oriundo de diversas reuniões presenciais que foram realizadas na Reitoria (Curitiba)”, descreve o professor.

 

Histórico do UTFbio. Uma parceria entre a UTFPR e o Biopark

A presença da UTFPR dentro do Biopark acontecerá pela implantação do UTFbio – um centro de excelência de pesquisas em biociências. Para isso, um grupo de docentes da UTFPR - Câmpus Toledo elaborou a proposta do UTFbio, com base em seis núcleos temáticos de pesquisa, sendo eles: Bioeletrônica, Bioinformática, Bioestatística, Biotecnologia e Biomateriais, Manufatura Aditiva e Empreendedorismo. Assim, a partir dessa proposta, iniciaram-se as negociações com os gestores do Biopark, cujas ações demonstram uma ampla integração entre a universidade e o Biopark.

O início e a estruturação do projeto UTFbio – somada à necessidade de formação de recursos humanos necessários para atuar não só nas empresas instaladas no Biopark como também em outras empresas da região – trouxe à tona a possibilidade de uma pós-graduação relacionada à biociências.

Em função da proposta do UTFbio de aproximação com o setor produtivo e o empreendedorismo – aliado aos objetivos e a missão do Biopark – a opção pelo mestrado profissional se tornou o caminho natural. Nesse contexto e com a aprovação dos docentes envolvidos, nasceu a proposta de mestrado profissional em ‘Tecnologias em Biociências’, que pretende formar profissionais com foco na aplicação em biotecnologia e biociências, atendendo uma necessidade da região.

 

Linhas de pesquisa do PPGBio

a) Obtenção, caracterização e quantificação de biomateriais e suas aplicações em biociências.

Objetivos dessa linha de pesquisa: desenvolvimento de formas farmacêuticas utilizando nanotecnologia; desenvolvimento de métodos de caracterização, quantificação de fármacos impurezas e produtos de degradação; e produção de biofármacos e enzimas por processos fermentativos. 

b) Modelagem e aplicações de materiais em biociências

Objetivos dessa linha de pesquisa: desenvolvimento e aplicação de métodos estatísticos em biociências; simulação computacional de materiais e desenvolvimento de tecnologias e produtos relacionados à bioinformática; softwares;  robótica e automação de equipamentos médicos. 

Segundo o coordenador do programa, Renato Eising, o "PPGBIO buscará a extensão das barreiras do conhecimento ao mesmo tempo que é inspirado pelo uso e aplicabilidade das pesquisas desenvolvidas, auxiliando o Biopark a transformar a região em um polo de pesquisa, desenvolvimento e inovação em produtos de biociências. O objetivo do programa é formar profissionais atuantes nos mais diferentes segmentos de biociências, capazes de promover o desenvolvimento científico e tecnológico de maneira interdisciplinar. Assim profissionais das áreas de biotecnologia, informática, saúde, alimentos, ciências biológicas, farmácia, química, física, agronomia e engenharias poderão ingressar no programa", comenta o professor. 

 

Informações do PPGBio

Para maiores informações, favor entrar em contato pelo telefone: (45) 33796836 e/ou e-mail: dirppg-td@utfpr.edu.br