Você está aqui: Página Inicial > Plano de saúde dos servidores será reajustado a partir de 1° de janeiro
conteúdo

Notícias

Plano de saúde dos servidores será reajustado a partir de 1° de janeiro

Unimed

publicado: 19/12/2018 10h15 última modificação: 20/12/2018 09h15
Designed by Freepik

A partir de 1° de janeiro de 2019, o plano de saúde dos servidores da UTFPR será reajustado em 9,69%, conforme a faixa salarial do servidor. A decisão foi tomada após estudos técnicos junto à Pró-Reitoria de Planejamento e Administração (Proplad) e à Diretoria de Gestão de Pessoas (Dirgep) com o objetivo de manter o sistema autossustentável, garantindo a sua continuidade.

reajuste será aplicado conforme a faixa salarial do servidor.

 

Confira os percentuais de reajuste:

Faixa SalarialBeneficiários Valor atualValor a partir de 01/01/2019 - reajuste pelo IGPM de 9,69%
             -         1.500,00 8 87,18 95,63
    1.500,01       1.650,00 5 199,28 218,59
    1.650,01       1.800,00 5 260,22 285,44
    1.800,01       2.200,00 13 283,65 311,13
    2.200,01       3.000,00 101 283,65 311,13
    3.000,01       4.000,00 461 286,11 313,84
    4.000,01       5.000,00 636 288,58 316,54
    5.000,01       7.000,00 793 291,05 319,25
    7.000,01       8.000,00 473 293,51 321,95
    8.000,01       9.500,00 571 295,98 324,66
    9.500,01     11.500,00 967 298,45 327,37
  11.500,01     12.500,00 673 300,91 330,07
  12.500,01     14.000,00 605 303,38 332,78
  14.000,01     16.500,00 506 305,85 335,48
  16.500,01     18.000,00 799 308,31 338,19
  18.000,01     20.000,00 609 310,78 340,89
Acima de  20.000,01 347 313,25 343,60
Total de Beneficiários 7.572    


O Plano

Implantado em 1994, o plano de saúde tem por objetivo garantir aos servidores, ativos e inativos, e seus dependentes, uma assistência à saúde digna, rápida e segura, bem como um plano com custos reduzidos para o servidor.

Plano da UTFPR possui natureza cooperativa, cuja manutenção, ampliação e viabilidade financeira dependem da contribuição dos seus integrantes e do uso racional dos serviços disponíveis, uma vez que o custo operacional aumenta na medida do crescimento dos procedimentos médico-ambulatoriais e hospitalares utilizados.

No âmbito do serviço público federal, o servidor vinculado ao plano de saúde recebe uma parcela mensal de assistência complementar à saúde que varia de R$ 101,56 a R$ 205,63, conforme faixa etária e de remuneração.