Você está aqui: Página Inicial > Sobre
conteúdo

O PROFIAP

por admin publicado 02/02/2017 08h58, última modificação 09/06/2020 19h34

 O Profiap é um curso de mestrado profissional em Administração Pública ofertado na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), no formato semipresencial, conduzindo ao título de Mestre em Administração Pública, coordenado pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), associadas em uma rede nacional.

O mestrado Profiap-UTFPR tem como objetivo geral capacitar profissionais para o exercício da prática administrativa avançada nas organizações públicas, ofertando, dentro da área de concentração Administração Pública, quatro eixos de pesquisa:

  • Atuação do Estado e sua Relação com Mercado e Sociedade;
  • Transformação e Inovação Organizacional;
  • Práticas de Gestão Sustentáveis;
  • Políticas Públicas: Formulação e Gestão.

As aulas ocorrem de maneira presencial para no mínimo 50% de sua carga-horária. Os alunos deverão comparecer ao polo de inscrição para assistirem as aulas de suas disciplinas. As aulas poderão ocorrer com a presença do professor no polo, ou com a transmissão da mesma por vídeo conferência para os polos envolvidos. Para a carga-horária restante, com modalidade a distância, será disponibilizado aos alunos um ambiente virtual de aprendizagem, cujos conteúdos das disciplinas estarão disponíveis, assim como as atividades e os mecanismos para interação entre os alunos e os professores das disciplinas.

A seleção dos alunos é realizada com base no Teste da ANPAD (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração) por meio de edital específico divulgado (geralmente em janeiro) pelo PROFIAP Nacional.

O Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (Profiap) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) é um curso de Mestrado ofertado na modalidade Profissional. O Mestrado Profissional (MP) é uma modalidade de Pós-Graduação Stricto Sensu voltada para a capacitação de profissionais, nas diversas áreas do conhecimento, mediante o estudo de técnicas, processos, ou temáticas que atendam a alguma demanda do mercado de trabalho.

Os cursos de Mestrado Profissional foram regulamentados pelas Portaria MEC Nº 389, de 23 de março de 2017 e Portaria CAPES Nº 131, de 28 de junho de 2017. Seu objetivo é contribuir com o setor produtivo nacional no sentido de agregar um nível maior de competitividade e produtividade a empresas e organizações, sejam elas públicas ou privadas. Consequentemente, as propostas de cursos novos na modalidade Mestrado Profissional devem apresentar uma estrutura curricular que enfatize a articulação entre conhecimento atualizado, domínio da metodologia pertinente e aplicação orientada para o campo de atuação profissional específico. Para isto, uma parcela do quadro docente deve ser constituída de profissionais reconhecidos em suas áreas de conhecimento por sua qualificação e atuação destacada em campo pertinente ao da proposta do curso. O trabalho final do curso deve ser sempre vinculado a problemas reais da área de atuação do profissional-aluno e de acordo com a natureza da área e a finalidade do curso, podendo ser apresentado em diversos formatos.

Essas especificidades do Mestrado Profissional exigem que o acompanhamento e a avaliação sejam feitos com base em critérios diferenciados, definidos pelas áreas de avaliação, e realizados por subcomissão específica, mesmo se realizados concomitantemente aos programas acadêmicos.
Para garantir a qualidade dos Mestrados Profissionais, critérios operacionais e normas são necessários para dirigir e controlar sua implantação e desenvolvimento. A autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento dos cursos de mestrado profissional são obtidos a partir dos resultados do acompanhamento e da avaliação conduzidos pela CAPES de acordo com as exigências previstas na legislação – Resolução CNE/CES nº 1/2001, alterada pela Resolução CNE/CES nº 24/2002.

Toda a legislação que rege a Pós-Graduação Stricto Sensu está reunida na página Legislação específica da CAPES, no formato semipresencial.

O PROFIAP é um curso de mestrado profissional em Administração Pública ofertado nacionalmente. Prevê 600h de atividades didáticas, correspondentes a 40 créditos, englobando disciplinas obrigatórias, incluindo o Trabalho de Conclusão Final (TCF) e disciplinas eletivas.

O programa é coordenado pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), e congrega 21 Universidades Federais associadas em rede nacional. São elas:

  1. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
  2. Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  3. Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
  4. Universidade Federal Fluminense (UFF)
  5. Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  6. Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ)
  7. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  8. Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL)
  9. Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  10. Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  11. Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS)
  12. Universidade Federal de Goiás (UFG)
  13. Universidade Federal de Sergipe (UFS)
  14. Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  15. Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
  16. Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)
  17. Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  18. Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)
  19. Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  20. Universidade Federal do Tocantins (UFT)
  21. Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

 

O curso destina-se a formar profissionais com nítido entendimento do papel do Estado no Brasil, do exercício da cidadania e preocupado com as questões éticas, sociais e ambientais que subsidiarão as políticas públicas que impactam a sociedade. Neste contexto, este profissional reunirá as condições cientificas e técnicas para promover melhorias na gestão pública.

Tem como objetivos:

  • Capacitar profissionais para o exercício da prática administrativa avançada nas organizações públicas;
  • Contribuir para aumentar a produtividade e a efetividade das organizações públicas; e
  • Disponibilizar instrumentos, modelos e metodologias que sirvam de referência para a melhoria da gestão pública.

 

A Turma 2019.2 do PROFIAP/UTFPR foi selecionada de acordo com o Edital Nº 001/2019, elaborado pela Comissão Acadêmica Nacional do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional – PROFIAP. Por isso, além dos regulamentos da Pós-Graduação da UTFPR, do PROFIAP Nacional e do PROFIAP/UTFPR que você encontra nesta página, você deve também ficar atendo as normas estabelecidas neste edital.