Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cornélio Procópio > Projeto de Extensão leva Braille às escolas de Cornélio Procópio e região
conteúdo

Notícias

Projeto de Extensão leva Braille às escolas de Cornélio Procópio e região

Extensão

publicado: 05/03/2021 11h12 última modificação: 05/03/2021 11h12

 O Projeto Levando Braille às Escolas de Cornélio Procópio e região é um projeto de extensão na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Câmpus Cornélio Procópio, que tem como objetivo a disseminação do sistema de escrita Braille e da educação inclusiva para com as pessoas com deficiência visual nas escolas de Cornélio Procópio e região, contribuindo, desta forma, para a propagação de uma cultura inclusiva e atenta às diferenças. Para alcançar o objetivo proposto do projeto, criou-se uma oficina a ser apresentada nas escolas a partir de referenciais teóricos e pesquisa de campo, com abordagem descritiva, exploratória e a pesquisa colaborativa.O projeto possui um coordenador, doutor em educação especial e um aluno bolsista cursando engenharia elétrica.

A oficina contempla os seguintes temas que constituem grande parte da vida de uma pessoa com deficiência visual (os temas aqui elencados, estão na sequência da oficina que é apresentada aos alunos nas escolas de Educação Básica): a)    Sistema de escrita Braille;b)Tecnologias assistivas e recursos pedagógicos para pessoas com deficiência visual; c)          Audiodescrição;d)Orientação e mobilidade; e)Curiosidades gerais da vida de uma pessoa com deficiência visual.

Para confeccionar os materiais a serem utilizados na oficina, foi criado um laboratório Braille na UTFPR, que se tornou um lugar para a confecção dos materiais e um lugar de estudos para os bolsistas. No laboratório foram confeccionados mapas táteis, cartazes expositivos, impressão de alfabetos Braille utilizando-se da impressora Braille. A organização de outros elementos auxiliares que são utilizados na oficina como o soroban, alfabeto Braille vazado e bengalas longas para pessoas com deficiência visual, foram adquiridos com recursos governamentais. 

O presente projeto depende muito da interação com as escolas. Infelizmente, devido a paralisação do calendário acadêmico no estado do Paraná, houve a necessidade de tomar medidas que tangenciaram o objetivo inicialmente proposto ao projeto – que era o de levar o Braille para as escolas da região de Cornélio Procópio. Entretanto, mesmo atuando de forma remota, o projeto seguiu realizando atividades tão quanto importantes, como a conscientização da sociedade, cita-se, por exemplo, a participação da equipe do projeto, na gravação de vídeos de acessibilidade (em parceria com a UEL e com o IFPR) que objetivam auxiliar professores de todo o Brasil a garantirem recursos de acessibilidade aos alunos com baixa visão em suas aulas remotas: https://www.youtube.com/channel/UCtjjxGaRboIDWQFAONBOeyw .  

Além disso, o projeto também criou um perfil de Instagram (@divulgando_braille_libras) onde os alunos do projeto levando Braille em parceria com o projeto levando Libras (também da UTFPR – CP) divulgam conteúdos relacionados ao sistema de escrita Braille e a Língua brasileira de sinais – Libras com o objetivo de proliferar uma educação inclusiva para as pessoas com deficiência visual e surdez. Com os posts nesse perfil é possível apresentar os mesmos temas que seriam apresentados na oficina de uma forma gradual, com uma combinação de conceitos teóricos e com imagens demonstrativas, tudo via online, nos adaptando assim, a uma nova realidade em decorrência da pandemia.

Para miores informações sobre o projeto,entrar em contato pelo Instagram ou via e-mail:Luiz Renato Martins da Rocha – luizrocha@utfpr.edu.br e Alan Jones Dantas - alanjones.ajd@gmail.com