Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Dois Vizinhos > DESTAQUE
conteúdo

Notícias

DESTAQUE

Pesquisas com bambu da UTFPR Câmpus Dois Vizinhos serão tema do programa Caminhos do Campo na RPC TV
publicado: 01/06/2021 18h33 última modificação: 01/06/2021 18h40
Exibir carrossel de imagens Pesquisas com bambu da UTFPR Câmpus Dois Vizinhos serão tema do programa Caminhos do Campo na RPC TV

Pesquisas com bambu da UTFPR Câmpus Dois Vizinhos serão tema do programa Caminhos do Campo na RPC TV

As pesquisas científicas com bambu foram tema de gravação de reportagem para o programa “Caminhos do Campo” da RPC TV nos últimos dias 27 e 28 de maio. Diversas informações sobre as fases de cultivo e manejo, assim como os estudos em andamento na área, foram registradas para uma posterior exibição, que deverá ocorrer nos próximos dias.

Uma equipe de professores, estudantes de graduação e mestrado, coordenados pelo Engenheiro Florestal, Prof. Dr. Eleandro José Brun, tem realizado diversos estudos sobre qualidade do solo, implantação, adubação e nutrição, podas, propagação, manejo, colheita e usos potenciais do bambu, tais como em material estrutural para cercas, galpões, estufas, etc., assim como biomassa energética para usos industriais (biomassa, cavaco e carvão).

Todos os trabalhos de pesquisa e extensão rural com silvicultura e manejo de bambuzais tem sido desenvolvidos pelo GPSIS (Grupo de Pesquisa em Silvicultura e Sistemas Integrados de Produção) da UTFPR, que reúne a Unepe Povoamentos Florestais e o Laboratório de Pesquisa em Silvicultura, grupo integrado ao Curso de Engenharia Florestal e ao Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas (PPGSIS) da UTFPR. Além disso, conta com a parceria de pesquisadores externos, como o Prof. Dr. Fabiano Ostapiv (UTFPR Pato Branco) e da Empresa Bambu Carbono Zero.

Também foi destacado na reportagem, o cultivo de diversas espécies de bambu em propriedade rural de agricultor parceiro da UTFPR, no município de São Jorge d’Oeste-PR. O trabalho desenvolvido nesta propriedade rural tem sido referência para que outros agricultores se interessem pelo cultivo de espécies de bambu em sua propriedade rural. Muitas espécies, de diferentes tamanhos, têm plena adaptação para cultivo no Paraná.

Outro destaque da reportagem foram as pesquisas em andamento com a produção de alimentos à base de bambu, principalmente com o uso de broto. O broto de bambu, apesar de ainda não ter uma cadeia produtiva estabelecida no Brasil, tem potencial para a geração de diversos produtos, tais como a farinha de bambu, estudo que se encontra em realização no Laboratório Multiusuário de Biotecnologia Ambiental e Alimentos (LABIA) da UTFPR Câmpus Dois Vizinhos. Os brotos e colmos jovens estão sendo processados para obtenção de farinha visando futuras aplicações alimentícias.

Quando comparada a outras farinhas, a farinha de broto de bambu apresenta maior concentração de fibras, menor concentração de amido e não contém glúten. Estudos relatam que o broto de bambu também auxilia na redução dos níveis de colesterol e apresenta propriedades antioxidantes e anticarcinogênicas.

A lista de possibilidades de aplicações alimentícias com o broto é muito variada, como base de um sorvete, por exemplo. A farinha também combina com vários produtos de panificação ou de massas como: empadas, patê, molho para salada, cuscuz, torta salgada e até pão de queijo, onde o broto é usado para preparar a massa e dar mais consistência ao salgado.

Além disso, a planta também pode ser usada para geração de carvão por meio de sua queima. No LABIA, os resíduos do bambu estão sendo estudados como matéria prima na produção de carvão ativado, que possui aplicações no tratamento de efluentes líquidos e pode ser usado em cosméticos e em cremes dentais por ter efeito clareador.

No LABIA, as pesquisas com o bambu estão sendo coordenadas pelas professoras doutoras Andréia Anschau, Milene Oliveira Pereira e Paula Fernandes Montanher do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia.

 

Para mais informações sobre as pesquisas e projetos desenvolvidos com o bambu, entre em contato pelos e-mails: eleandrobrun@utfpr.edu.br ou labia-dv@utfpr.edu.br.