Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Pesquisadores são consultados na criação do Painel de Indicadores da Fiep
conteúdo

Notícias

Pesquisadores são consultados na criação do Painel de Indicadores da Fiep

Mudanças climáticas

Pró-Reitor de Relações Empresariais e Comunitárias participa da cerimônia de lançamento da plataforma
publicado: 28/03/2022 10h53 última modificação: 28/03/2022 11h43
Pró-reitor Rubens Alves de Faria participa da mesa de cerimônia de lançamento da plataforma (Foto: Fiep)

Pró-reitor Rubens Alves de Faria participa da mesa de cerimônia de lançamento da plataforma (Foto: Fiep)

Foi lançado na última semana o Painel de Indicadores de Mudanças Climáticas de Curitiba, uma iniciativa do Sistema Fiep, em parceria com a Prefeitura. A cerimônia de início oficial da plataforma foi realizada na sede do Campus da Indústria da Fiep, na capital, e contou com a presença do pró-reitor de Relações Empresariais e Comunitárias (Prorec), Rubens Alves de Faria, da presidente da comissão do Plano de Logística Sustentável da UTFPR, Tamara van Kaick, do secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Marcio Nunes, da secretaria municipal de Educação, Maria Silva Bacila, do presidente do Sistema Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, do reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, além de demais autoridades e convidados.

O projeto foi selecionado em 2020 num edital do Google, com financiamento do Action Fund Brazil. Foi construído coletivamente por representantes da sociedade, do poder público municipal e estadual, de institutos de pesquisa, universidades, empresas e o terceiro setor. Para formação da plataforma foram ouvidos diversos especialistas, entre eles os pesquisadores da UTFPR, Valdir Fernandes, Viviane Estacio de Paula e Angelo Guimarães Simão.

O painel é uma plataforma de acesso público para monitorar indicadores relacionados às mudanças climáticas. Ele será atualizado periodicamente com informações que vão ajudar a avaliar as mudanças climáticas na capital paranaense e subsidiar a implementação de políticas que reduzam emissões de gases de efeito estufa e os impactos ambientais na cidade.

Concursos

Durante a cerimônia de lançamento do painel, foi anunciado a realização de dois concursos sobre o tema: um para artigos científicos e, o outro, destinado as escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba.

No concurso acadêmico, serão avaliados artigos que tratem um ou mais eixos temáticos do Painel de Indicadores. Os três trabalhos com melhor avaliação serão publicados no Painel de Mudanças Climáticas de Curitiba. Além de certificados, receberão prêmios de R$ 10 mil, R$ 7 mil e R$ 5 mil, respectivamente, os três primeiros colocados. Esse já está com inscrições abertas até o dia 22 de abril.

Já o concurso para a Rede Municipal de Ensino selecionará três melhores soluções para os desafios relacionados às mudanças climáticas de aplicação viável em Escolas Municipais e Centros Municipais de Educação Infantil. Cada um dos três primeiros colocados receberá R$ 10 mil para implementar a solução proposta. 

Mudanças climáticas

Curitiba é referência quando o assunto é mudança climática e foi uma das cidades sul-americanas selecionadas para receber apoio financeiro do Google.org em reconhecimento aos compromissos e pela liderança da Prefeitura Municipal de Curitiba em ações climáticas. Por meio de esforços como a assinatura do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia, a entrega do Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa 2018 e do Plano de Ação Climática, a capital paranaense foi escolhida juntamente com Bogotá (Colômbia), Bristol (Reino Unido) e Makindye Ssabagabo (Uganda). Além disso, foi criado um Grupo de Trabalho para avaliar as possibilidades de se atingir a neutralidade de carbono até 2050, prevista pelo Plano de Adaptação e Mitigação das Mudanças Climáticas de Curitiba (PlanClima). O plano servirá de piloto para demais cidades pelo mundo.

Participam desse grupo de trabalho, as pesquisadoras da Universidade, Tamara van Kaick, Tatiana Gadda, e o pesquisador Gerson Máximo Tiepolo.