Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Plataforma de controle da pandemia já é utilizada em cidades paranaenses
conteúdo

Notícias

Plataforma de controle da pandemia já é utilizada em cidades paranaenses

Santa Helena

Sistema também monitora aplicação de vacinas e recebeu o Selo Sesi ODS 2020
publicado: 23/02/2021 10h13 última modificação: 23/02/2021 10h15

A plataforma criada por pesquisadores do Câmpus Santa Helena para monitoramento da Covid-19 na região já está sendo utilizada pelas prefeituras de Santa Helena, Medianeira e Foz do Iguaçu. Através dela, a situação da pandemia  é acompanhada em tempo real pelos municípios.

A plataforma foi desenvolvida a partir de técnicas das áreas de ciência dos dados e inteligência artificial e permite, por exemplo, visualizações que mostram o impacto e estimam a previsão dos dados para as próximas semanas. Segundo os pesquisadores, com as  informações do painel, é possível compreender melhor a situação do novo coronavírus no estado e tomar decisões assertivas no combate à doença.

Os dados apresentados vão desde os casos confirmados, óbitos e recuperados até o quantitativo de leitos ocupados por macrorregião do estado. Além disso, é possível adicionar perfil etário, demográfico e geográfico.

“Temos a plataforma de dados mais completa do estado e uma das melhores do país. As pessoas podem acessar e descobrir o impacto real da Covid-19 e quais as previsões para os próximos dias. Além disso, o sistema auxilia na tomada de decisões dos governantes com relação às ações perante a doença. Ela foi fundamental para que a Secretaria de Saúde criasse novas vagas de UTI na Macrorregional Leste quando a doença demonstrava avanço, por exemplo”, explica Thiago França Naves, coordenador do projeto.

Vacinômetro

Com o início da aplicação de vacinas no Estado, a plataforma também acompanha o andamento da aplicação delas nos municípios paranaenses. O sistema contém o mapa com a quantidade de doses distribuídas e quantidade de profissionais de saúde de cada município. No Brasil, o levantamento mostra a quantidade de vacinados por estado, ranking de eficiência de vacinados e quantidades totais de vacinados no País.

Lamia

A plataforma foi desenvolvida pelo Laboratório de Aprendizado de Máquinas e Imagens Aplicados à Indústria (Lamia) e conta ainda com a participação dos pesquisadores Anderson Brilhador e Arlete Terezinha Beuren. A iniciativa também recebeu o Selo Sesi ODS 2020 para a UTFPR, no final do ano passado.

Os pesquisadores explicam ainda que a interface da plataforma pode ser utilizada para outras demandas da administração pública que necessitem de vigilância e acompanhamento.

O Painel Paraná Covid-19 tem entre os seus diferenciais a disponibilização de dados inéditos e personalizados por localidade de análise. Tanto o projeto quanto o seu código estão disponíveis para acesso livre no repositório Github.