Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Professor da UTFPR recebe Prêmio Jovem Cientista na Eslovênia
conteúdo

Notícias

Professor da UTFPR recebe Prêmio Jovem Cientista na Eslovênia

Física

Gustavo Lukasievicz foi reconhecido pela Associação Internacional de Fotoacústica e Fototérmica
publicado: 24/06/2022 18h23 última modificação: 31/10/2022 09h29
Pesquisador premiado é professor do Campus Medianeira desde 2014 (Foto: Acervo pessoal)

Pesquisador premiado é professor do Campus Medianeira desde 2014 (Foto: Acervo pessoal)

O professor Gustavo Vinicius Bassi Lukasievicz, do Departamento de Física do Campus Medianeira, recebeu esta semana o Prêmio Jovem Cientista 2022 da Associação Internacional de Fotoacústica e Fototérmica (IPPA). A premiação foi criada para reconhecer pesquisadores de destaque com menos de 40 anos que, com base em suas contribuições em um estágio inicial de suas carreiras, demonstrem uma promessa excepcional de se tornar lideranças futuras na área de fotoacústica e fototérmica.

No caso do pesquisador da UTFPR, a IPPA destacou “suas contribuições para a descrição analítica da deformação superficial de sólidos induzida por laser e para a avaliação quantitativa de propriedades térmicas, ópticas e mecânicas de materiais semitransparentes e opacos usando a técnica de lente fototérmica resolvida no tempo e para o desenvolvimento do método do espelho fotomecânico para medir a deformação em escala nanométrica dependente do tempo gerada na superfície de líquidos devido a forças de radiação”.

O prêmio foi entregue durante a XXI Conferência Internacional sobre Fenômenos Fotoacústicos e Fototérmicos (ICPPP21), realizada entre os dias 19 e 24 de junho em Bled, na Eslovênia. No dia 22 de junho, em uma sessão plenária especial, Gustavo Lukasievicz recebeu o valor de US$ 1 mil e o certificado da premiação.

Durante a conferência, o professor do Campus Medianeira também apresentou o trabalho intitulado “Photothermal Lens and Photothermal Mirror Techniques: Effects and Applications”, que trata de pesquisas desenvolvidas ao longo de sua trajetória acadêmica, iniciada no Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Além de Gustavo Lukasievicz, outro brasileiro reconhecido pela IPPA em 2022 foi o professor Mauro Luciano Baesso da UEM, que conquistou o Prêmio Sênior. Gustavo foi o segundo brasileiro a receber o Prêmio Jovem Cientista, entregue em 2015 para Nelson Astrath, também da UEM. No entanto, esta foi a primeira vez que tanto o jovem cientista como o sênior são concedidos a pesquisadores do Brasil no mesmo ano. A conquista chancela a pesquisa de alto impacto realizada no Paraná, cujas contribuições já são significativas na área de fenômenos fototérmicos.

Criada há mais de 20 anos, a IPPA tem o objetivo de promover a área da ciência e tecnologia fotoacústicas e fototérmicas. O prêmio da associação é considerado o mais relevante neste campo no mundo e concedido bianualmente desde 2002 a cientistas e engenheiros.

Sobre o professor premiado

Gustavo Vinicius Bassi Lukasievicz tem graduação (2009), mestrado (2011) e doutorado (2014) em Física pela UEM. Durante o doutorado, entre maio de 2012 e março de 2013, fez estágio sanduíche na Utah State University, nos Estados Unidos. Desde 2014, é professor do Campus Medianeira da UTFPR. Atua na área de Física da Matéria Condensada, com ênfase no desenvolvimento teórico e experimental das técnicas fototérmicas (lente térmica, espelho térmico e efeito miragem) para o estudo de propriedades térmicas, ópticas e mecânicas de sólidos não cristalinos e líquidos. Na UTFPR, atualmente é pesquisador do Grupo de Pesquisa Técnicas Fototérmicas e Espectroscopia Óptica, docente permanente do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física e diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus Medianeira.