Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Servidores > "Autismo é crise de saúde global", alerta evento do Siass-UTFPR
conteúdo

Notícias

"Autismo é crise de saúde global", alerta evento do Siass-UTFPR

Abril Azul

Evento é parte da campanha que visa sensibilizar a sociedade brasileira sobre o tema
publicado: 30/04/2021 16h52 última modificação: 30/04/2021 17h48
Público pode conferir a gravação da palestra no Canal UTFPR

Público pode conferir a gravação da palestra no Canal UTFPR

Como parte da campanha Abril Azul, que visa conscientizar e sensibilizar a sociedade brasileira sobre o autismo, a professora e pesquisadora Márcia Regina Valiati apresentou, nesta sexta-feira (30), a palestra 'Conversando e Desmistificando o Transtorno do Espectro Autista'. O evento, transmitido pelas páginas da UTFPR no YouTube e no Facebook, foi organizado pelo Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor UTFPR-IFPR (Siass).

Durante a sua apresentação, a pesquisadora abordou pontos como a incidência, o diagnóstico e o tratamento e destacou que o transtorno é um "crise de saúde global", uma vez que impacta além do indivíduo, mas todo o contexto familiar e social com o qual se relaciona.

Para a pesquisadora, desmistifica o transtorno é um importante passo para quebrar preconceitos. "Quando falamos do Transtorno do Espectro Autista, estamos falando de uma patologia que afeta a qualidade de vida de um ser. Temos sintomas de várias coisas, mas para diagnosticar uma patologia é preciso reunir sintomas que são realmente comprometedores", disse ao criticar as adjetivações pejorativas inadequadas com o termo, o que contribui para disseminar o preconceito e a exclusão de pessoas.

"Nós não podemos rotular indivíduos. O rótulo fixa e nós temos que inverter esse rótulo: 'Eu sou uma pessoa que funciona dessa forma', 'Eu sou um indivíduo tanto quanto você'. Aí, vai ter a verdadeira inclusão", completou a pesquisadora, ligada ao Centro de Neuropediatria do Hospital das Clínicas da UFPR.

Em sua explicação, ainda, Márcia falou sobre mitos que circundam o transtorno como, por exemplo, a ligação do autismo a algumas vacinas ou ao comportamento da família. "Vacina não causa o autismo. Alimentação não causa o autismo. O autismo afeta todos os grupos étnicos e socioeconômicos. Sendo assim, precisamos de políticas públicas e políticas inovadoras para que a gente possa ter sucesso no tratamento e desempenho dos que têm esse diagnóstico", destacou.

O evento contou com a mediação da médica psiquiatra Gabriela Mourão, do Instituto Federal do Paraná (IFPR). A íntegra da live está disponível no Canal da UTFPR.

Sobre o Siaas

Na UTFPR, a promoção da saúde do servidor é realizada pelo Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS), estruturado em parceria com o IFPR. Além da perícia médica, o setor organiza ações que visem a prevenção, a detecção precoce e o tratamento de doenças e, ainda, a reabilitação da saúde, compreendendo as diversas áreas de atuação relacionadas à saúde do servidor.