Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pato Branco > Conceito 4
conteúdo

Notícias

Conceito 4

UTFPR está entre as melhores instituições no IGC 2019
publicado: 28/04/2021 16h56 última modificação: 28/04/2021 16h56
Imagem aérea da UTFPR, Câmpus Pato Branco

Imagem aérea da UTFPR, Câmpus Pato Branco

A UTFPR se destacou com o segundo maior conceito do Índice Geral de Cursos (IGC), referente a 2019. Com isso, a Universidade está entre as 494 instituições de ensino superior do Brasil que obtiveram as notas mais altas, ‘4’ ou ‘5’.

Na análise entre o conceito obtido e o número de cursos avaliados no último triênio, a UTFPR se classifica no 34º lugar no Brasil e em 2º no Paraná. Em evidência, estão os IGCs dos cursos do Stricto Sensu, com 4,28 para o mestrado e 4,7 para o doutorado.

No total, o indicador analisou 2.070 organizações, com 1.801 privadas e outras 269 públicas. A nota média de ‘3’ foi concedida para 1.259 delas, entre 1.117 privadas, 125 públicas e 17 especiais. Já os conceitos mais baixos, de ‘1’ ou ‘2’, foram concedidos para outras 256 instituições, sendo 238 privadas, 12 públicas e seis especiais.

Confira o ranking estadual de acordo com o conceito e o número de cursos avaliados:

--
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

INSTITUIÇÃO
Universidade Federal do Paraná
UTFPR
Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Universidade Positivo
Universidade Estadual de Maringá
Centro Universitário de Maringá
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Universidade Estadual do Centro Oeste
Universidade Estadual de Londrina
Universidade Estadual de Ponta Grossa

CURSOS AVALIADOS NO TRIÊNIO 
97
84
70
70
67
64
59
53
47
44

IGC GERAL
5
4
4
4
4
4
4
4
4
4

Mais sobre o IGC
O IGC é calculado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação. O índice considera as médias ponderadas pelo número de matrículas e em relação aos últimos três anos: do Conceito Preliminar de Curso (CPC); e dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação Stricto Sensu. Também leva em conta a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino.