Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pato Branco > Groundwater
conteúdo

Notícias

Groundwater

Obra clássica da hidrogeologia, que já vendeu mais de 500 mil cópias, foi traduzida para o português
publicado: 19/12/2017 16h12 última modificação: 19/12/2017 16h12

O professor doutor Murilo Cesar Lucas, pesquisador na área de Hidrologia e Recursos Hídricos, do departamento acadêmico de Construção Civil (DACOC) da UTFPR, Câmpus Pato Branco, participou de um projeto de tradução do livro “Groundwater”, de R. Allan Freeze e John A. Cherry, o maior clássico de hidrogeologia mundial. A tradução foi realizada em ‘crowd sourcing’, em mutirão, com a participação de mais de 200 voluntários, coordenada pelo professor doutor Everton de Oliveira, do Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE), da Unesp de Rio Claro. O livro “Água Subterrânea” foi finalizado em pouco mais de dois meses.

O livro foi publicado originalmente em 1979 e vendeu mais de 500 mil cópias em todo o mundo e é usado até hoje. A tradução para o português foi a primeira a ser finalizada.

Sua publicação é a origem de um grande projeto mundial de ensino de hidrogeologia de forma gratuita pela internet. Mais de 80 novos capítulos estão sendo produzidos por um grupo dos maiores nomes mundiais da área, liderados por John Cherry.  Além de vídeoaulas e outros produtos.

Todo o projeto será financiado por patrocínio de empresas e tem apoio de várias instituições, como ABAS, IAH-BR, ABRH, ABGE, ABES, dentre várias outras.

Segundo o professor Murilo, as águas subterrâneas são a maior fonte acessível de água potável no planeta. Os seres humanos têm aumentado a utilização das águas subterrâneas como fonte primária, por exemplo, para uso doméstico e para a agricultura. Em diversas regiões de clima árido ou semiárido, (onde os rios e lagos são perenes) praticamente todo o sistema de abastecimento de água é feito usando águas subterrâneas. No Brasil, a crise hídrica ocorrida na região sudeste, entre os anos de 2013 e 2015, mostrou que o atual sistema de abastecimento (captação superficial em rios e lagos) da maior parte das cidades brasileiras é pouco resiliente às variabilidades do regime de chuvas. Essa crise hídrica afetou drasticamente a geração de energia elétrica, disponibilidade de água para consumo humano e as atividades industriais. Uma das práticas mais comuns adotadas nesse período de crise hídrica foi a perfuração de poços para suprir a demanda hídrica. Portanto, “o projeto de tradução do livro Groundwater é grandioso e contribuirá muito para pesquisas e serviços na área de recursos hídricos, principalmente, no planejamento e gerenciamento das águas subterrâneas”, diz o professor.

O livro na versão em português está acessível para download gratuito no site do Instituto Água Sustentável (http://www.aguasustentavel.org.br/ ). 

Atualizado em 19/12/2017

Assessoria de Comunicação

Acompanhe as notícias do Câmpus Pato Branco também no Facebook.