Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ponta Grossa > DCE promoverá “Cursinho Solidário”
conteúdo

Notícias

DCE promoverá “Cursinho Solidário”

Projeto está em fase de seleção de professores voluntários, inscrições encerram em 11 de julho
publicado: 10/06/2021 16h26 última modificação: 10/06/2021 16h28

Um projeto estudantil que beneficia universitários e futuros candidatos a uma vaga no Ensino Superior. O Cursinho Solidário, proposta do Diretório Central dos Estudantes - DCE, do Campus Ponta Grossa da UTFPR, propõe que alunos das diferentes graduações da instituição ministrem aulas para quem realizará provas seletivas de ingresso à universidade, como vestibulares ou o Exame Nacional do Ensino Médio.

A primeira etapa do projeto “Cursinho Solidário” se constitui na seleção de professores voluntários. Como requisitos para inscrição, os interessados devem ser estudantes que cursam uma graduação (licenciatura ou bacharelado) em quaisquer áreas do saber, em universidades públicas e privadas do estado do Paraná. As inscrições para professores voluntários acontecem até o dia 11 de julho de 2021, exclusivamente online.

O processo de seleção de professores possui três etapas distintas:

  • Inscrições (através de formulário virtual)

  • Entrevistas individuais (agendadas previamente por e-mail)

  • Aulas testes (agendadas por e-mail e realizadas através do Google Meet)

Seis critérios básicos serão avaliados para a seleção de voluntários, sendo elas: interdisciplinaridade, oralidade, domínio teórico, didática, recursos e materiais utilizados, aproximação com a realidade. Além da oportunidade de colaborar e ter experiências na posição de professor, os estudantes voluntários receberão um certificado de participação que poderá ser validado como horas complementares.

A ação contemplará gratuitamente estudantes que não podem arcar com os custos de um curso preparatório particular. Como explica Bruna Nizer, Presidente do DCE-PG, este projeto surgiu com a vontade de promover trabalhos sociais com a comunidade externa da UTFPR. “Entendemos que a Universidade desempenha um papel fundamental na sociedade, porém, para que este sistema seja cada vez mais inclusivo, é necessária a atuação também no cotidiano da população, atendendo demandas como o acesso à cursos preparatórios e que incentivem o ingresso no Ensino Superior. Vemos esse projeto como uma oportunidade para democratizar o Ensino Superior Público e ampliar a divulgação do conhecimento científico”, afirma Bruna, que também é estudante do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da UTFPR-PG.

Todas as informações estão disponíveis no Edital do Processo Seletivo e dúvidas serão esclarecidas pelo e-mail: dce.utfprpgrossa@gmail.com e via direct pelo Instagram do DCE-PG.

 

Veja como a Diretora de Ensino e Pesquisa do DCE, Evelyn Souto, define a criação do Cursinho Solidário pela entidade estudantil da UTFPR-PG

“A ideia surgiu através da observação de que os processos de ensino-aprendizagem no Brasil, apesar de previstos por lei, não são igualitários e essa desigualdade se estende a medida que o nível de instrução aumenta e isso fica bastante visível dentro da graduação, onde muitos alunos não tem como arcar com os custos de um curso preparatório privado, muitos deles não tem instalações básicas de sobrevivência como energia elétrica, saneamento básico, fatores que acabam impactando diretamente na qualidade de vida e na aprendizagem, promovendo uma seleção daqueles que terão acesso ou não ao nível superior. Por esse motivo, o cursinho surge como uma alternativa para tentar impactar a comunidade de maneira positiva, tentando mitigar as desigualdades a medida do possível e reverter o conhecimento que se adquire dentro da universidade de maneira benéfica, fazendo com que outras pessoas também possam ter acesso”.