Você está aqui: Página Inicial > Pesquisa e Pós-graduação > Projetos > Toledo > Utilização de linhagens mutantes de Saccharomyces cerevisiae como modelo de estudo in vivo de substâncias antioxidantes e uma proteína associada à doença de Parkinson
conteúdo

Utilização de linhagens mutantes de Saccharomyces cerevisiae como modelo de estudo in vivo de substâncias antioxidantes e uma proteína associada à doença de Parkinson

última modificação 06/07/2021 21h47
Tem-se como objetivo avaliar o efeito antioxidante de compostos de origem natural sobre linhagens mutantes de S. cerevisiae sensíveis a espécies reativas de oxigênio. Também será avaliado o efeito desses compostos sobre uma linhagem expressando a proteína α-sinucleína associado à doença neurodegenerativa de Parkinson.
modelo experimental, nutracêuticos, espécies reativas de oxigênio, estresse oxidativo.
Ciências Biológicas
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS III
MICROBIOLOGIA
Projeto de Pesquisa
Não
01/03/2020
31/03/2022
Toledo
Cleverson Busso
registrado em: toledo